Parque do Caracol Cascata em Canela

Parque do Caracol | Por Documento de Viagem | Atualizado em: 11 de dezembro de 2016.


Com um lindo dia de sol pela frente, resolvemos aproveitar o tempo e conhecer a Cascata do Caracol que é um dos principais cartões postais de Canela na Serra Gaúcha. Possui uma impressionante queda livre d’água de 130 metros de altura e está localizada junto ao Parque do Caracol. O parque está cerca de 7 km do centro de Canela, sendo fácil o acesso pela Estrada do Caracol, RS 466 de carro ou de ônibus turístico BusTour (é uma das paradas). Outra forma de curtir o visual da cascata é através das plataformas dos bondinhos aéreos localizados no “Parques da Serra”.

A história do parque começa em meados do século passado, quando a região era habitada por índios, depois passou a ser colonizada pelos primeiros europeus em 1863. Só a partir de 1900 começaram a surgir novos colonos, os primeiros hotéis e casas de veraneio. Com o passar dos anos o parque começou a ser mais visitado e hoje conta com uma moderna infra-estrutura, trilhas ecológicas, estrutura de lazer e restaurante. O parque é realmente lindo, lá você vai encontrar a cascata, um clima ameno, mata nativa, animais silvestres e muito ar puro. É uma daquelas atrações turísticas que você não pode deixar de visitar.

Canela: Parque do Caracol (Foto: Documento de Viagem)
Cascata do Caracol
Canela: Parque do Caracol (Foto: Documento de Viagem)
Sonho Vivo
Confira as atrações do Parque do Caracol.
  • Mirante: para apreciar a Cascata do Caracol, o Vale e a Mata Nativa do parque de diferentes formas;
  • Observatório Ecológico: elevador panorâmico suspenso a 27 metros de altura, de lá é possível ter uma visão 360° graus do parque (Ingresso vendido separadamente ao custo de 12 reais – crianças até 8 anos não pagam);
  • Escada da Perna Bamba: escadaria com 731 degraus (equivale a um prédio de 36 andares), leva à base da cachoeira, ideal para quem deseja ver a Cascata do Caracol por outro ângulo (de baixo para cima). No entanto, esta atração é cansativa principalmente para idosos e crianças e também não é acessível para o deslocamento de cadeiras de rodas. No momento a escadaria está fechada para reforma;
  • Centro Histórico Ambiental: local para obter mais informações sobre o Parque e região;
  • Estação Sonho Vivo: passeio de trenzinho guiado pelo simpático maquinista conhecido como Zé do Apito. Tem um percurso de 800m que te leva até a vila dos imigrantes, retratando os povos colonizadores da região e seus costumes. (Ingresso vendido separadamente ao custo de 12 reais);
  • Restaurante: restaurante pago por quilo que serve uma gostosa comida caseira em que você se serve diretamente das panelas no fogão. Tem cervejas artesanais a venda.
  • Lojinhas: lembrancinhas de Canela e do parque, artesanatos, produtos e alimentos da região.
  • Trilhas: para caminhada em meio à mata nativa, a maioria das trilhas estão pavimentadas, permitindo fácil acesso aos portadores de necessidades especiais e também estão sinalizadas com placas que indicam as direções das atrações. O principal mirante também não possui escadas e é de fácil acesso;
  • Área infantil playground (escorregador, balanço e gira-gira).
Canela: Parque do Caracol (Foto: Documento de Viagem)
Mirante – Parque do Caracol
Canela: Parque do Caracol (Foto: Documento de Viagem)
Mirante – Parque do Caracol
Canela: Parque do Caracol (Foto: Documento de Viagem)
Observatório Ecológico
As trilhas do parque:
  1. Trilha do arroio: se for escolher uma das trilhas do parque, escolha esta. É a maior delas com 1.100 metros e cobre a maior parte do parque. Ela inicia próxima a estação sonho vivo, passando pela barragem e segue o contorno do rio que desemboca na cascata do caracol e termina na escada da perna bamba, já próximo do mirante;
  2. Trilha do moinho: é bem curta (180 metros)e uma bifurcação da trilha do arroio que dá acesso ao rio.  Atenção, pois não é permitido nadar no rio;
  3. Trilha do silencio: é a mais curta de todas com apenas 120 metros, que parte de um braço da trilha do arroio até chegar ao centro histórico ambiental;
  4. Trilha velha: inicia no estacionamento e explora o lado oposto ao parque de onde se encontra a famosa cascata;
  5. Trilha da cutia: pequena trilha que liga a estação sonho vivo a trilha do arroio.
Canela: Parque do Caracol (Foto: Documento de Viagem)
Trilhas com acessibilidade – Parque do Caracol
Canela: Parque do Caracol (Foto: Documento de Viagem)
Animais do Parque do Caracol
Canela: Parque do Caracol (Foto: Documento de Viagem)
Playground – Parque do Caracol
Informações Úteis:
  • Acessibilidade: o parque possui acessos para o deslocamento de portadores de necessidades especiais, exceto no trecho da “Escada da Perna Bamba”;
  • Ingressos: R$ 9,00 (de 6 a 11 anos, estudantes e maiores de 60 anos)| R$ 18,00 (de 12 a 60 anos);
  • Endereço: RS 466 – km 0 – Canela – RS;
  • Horário de funcionamento: aberto diariamente das 9:00 às 17:30;
  • Veja o mapa do parque no site oficial http://www.parquedocaracol.com.br/
  • Todos os dados deste blog são apenas informativos, os passeios poderão sofrer alterações sem aviso prévio. Recomendamos consultar também os sites oficiais das atrações.
Trivago-6
SITE PARCEIRO
Veja Também
Assista nosso vídeo:

Já esteve no Parque do Caracol? Conte-nos como foi sua experiência!


Esperamos que tenha gostado e ficamos à disposição para esclarecimento de dúvidas, sugestões ou críticas. Salve este post no seu pinterest e acompanhe nossos painéis de viagem!

Um grande abraço,

Marcelo & Paula

documento-de-viagem-cascata-do-caracol-canela-pinterest

Voltar ao topo


Leia mais

Organize sua viagem para Canela/RS
Quando você clica e compra através dos links e banners exibidos pelo Blog Documento de Viagem, é gerada uma pequena comissão para o site que não altera o valor do produto final para o leitor e você ainda ajuda a manter o blog.
Anúncios

Documento de Viagem

Documento de Viagem é escrito por Marcelo, formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e por Paula, formada em Gestão de Recursos Humanos. O casal mora em São Paulo e decidiu criar este blog para compartilhar suas experiências de viagem, bem como inspirar outros viajantes a continuarem viajando.

Deixe uma resposta

Anúncios
Documento de Viagem
%d blogueiros gostam disto: