Amantikir Jardins que falam em Campos do Jordão

Amantikir jardins que falam |  Por Documento de Viagem | Atualizado em: 20 de março de 2017.


Reservamos o período da manhã para conhecer o Amantikir Jardins que falam e ficamos impressionados com o tamanho do parque que ocupa uma área de 60mil m². Ao todo são 26 jardins, com 700 espécies de plantas distribuídas por setores, tais como: jardim de orquídeas, japonês, romântico, entre outros.

Amantikir jardins que falam

O parque foi criado pelo engenheiro agrônomo e paisagista Walter Vasconcellos, que após viajar vários países e descobrir belíssimos jardins mundo a fora, decidiu que Campos do Jordão merecia ter um grande espaço verde também. Em 2007 o sonho virou realidade e após uma década o lugar já recebeu milhares de visitantes do Brasil e do mundo.

Durante o percurso pudemos observar um jardim muito bem cuidado com várias espécies de plantas e flores. As áreas estão bem sinalizadas e com placas informativas sobre cada espécie. São cerca de 3 km de vias internas.

O período de permanência no Amantikir é livre e o tempo de visitação depende do seu interesse pela jardinagem. Vale muito a pena uma visita, porque, além de ver diversos tipos de plantas e flores, o parque desperta no visitante a importância de se preservar e proteger a natureza.

Para quem quer adquirir conhecimento sobre os jardins e também sobre as espécies de plantas, recomendamos aguardar um monitor que acompanhará o grupo, explicando tudo em detalhes.

Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Amantikir – Jardins que falam

Veja abaixo o que você encontrará em cada setor:

Setor Amarelo documento-de-viagem-amarelo
  • Serviços: Recepção, estacionamento e loja de lembrancinhas.
  • Patamares: cultivo de algumas plantas e flores
Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Loja de lembrancinhas
Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Patamares: cultivo de algumas plantas e flores
Setor Vermelho documento-de-viagem-vermelho
  • Coníferas ou Pinheiros: pertence a um grupo de árvores e arbustos que possuem um formato de cones e são encontrados em diversas regiões frias do mundo, como as do norte da Europa, da Ásia e da América do Norte.
  • Jardim de Raízes: trata-se de um arranjo paisagístico feito com cepos (toco) de árvores mortas.
  • Jardim de Capins: plantas que produzem flores em forma de pluma.
  • Jardim Árido: plantas suculentas e cactos que são conhecidas por serem muito resistentes à seca de longa duração
  • Mirante: visão privilegiada do Vale do Lageado.
Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Coníferas ou Pinheiros
Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Jardim Árido
Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Mirante
Setor Verde documento-de-viagem-verde
  • Jardim Inglês: com mais de 80 espécies de plantas.
  • Labirinto Clássico: conta com 450m² de área, 600m de corredores e 2,20m² de altura. Dá para se perder por um tempinho por lá….
  • Labirinto de Grama: trata-se de outro labirinto, porém, sem paredes. Era usado na antiguidade como um lugar sagrado.
  • Rock Garden: Jardim rústico com pedras e algumas plantas.
Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Labirinto Clássico e Labirinto de Grama
Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Labirinto Clássico
Setor Laranja documento-de-viagem-laranja
  • Tapete Verde: área verde plana, semelhante aos gramados dos parques ingleses.
  • Estufa: Cultivo de plantas e flores
  • Lago das Pontes: com algumas lindas flores de lótus emergindo das águas.
  • Bosque Outonal: árvores cujas folhas mudam de cor conforme a estação do ano.
Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Estufa
Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Lago das Pontes
Setor Azul documento-de-viagem-azul
  • School Garden (Escola/Restaurante)
  • Jardim Francês: pequena amostra de um jardim Frances com seus rígidos padrões, que é ecologicamente correto, pois seus drenos foram feitos com o uso de 2.500 garrafas pets.
  • Espelho D’água: lago com plantas aquáticas e peixes ornamentais.
  • Lareira: feita com material de construção.
  • Jardim Austríaco: inspirado nos jardins do Palácio Mirabell da cidade austríaca de Salzburg.
  • Casa da árvore: é permitido a entrada na casa para se tirar fotos.
Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Espelho D’água
Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Espelho D’água
Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Casa da árvore
Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Casa da árvore
Setor Lilás documento-de-viagem-lilas
  • Jardim Alemão: local que permite ter ampla visão do conjunto de jardins que incluem os dois labirintos.
  • Jardim Autoral: homenagem a Campos do Jordão.
  • Jardim de Orquídeas: amostra de diferentes tipos de orquídeas, planta que possui mais de 20.000 tipos de diferentes espécies.
  • Jardim de Sombra: abriga plantas que preferem locais protegidos do sol.
  • Jardim Romântico: inspirado nos jardins europeus do século XVIII.
Setor Cinza documento-de-viagem-cinza
  • Jardim Chinês: grande destaque para o Dragão Chinês e a porta da Lua que simbolizava a riqueza e poder na China antiga.
  • Jardim Japonês: retrata a arte milenar japonesa de jardinagem. Com destaque para o “Tori” ou portal vermelho logo na sua entrada e as lanternas (Luz de sabedoria) espalhadas pelo jardim.
  • Jardim Arquitetônico: trabalho de paisagismo.
  • Trilha das Bromélias: trecho bastante arborizado e cheio de bromélias, que usam os troncos das arvores como suporte. Foi interessante aprender que elas não são parasitas e apenas se apoiam nas arvores, sobrevivendo dos detritos que se acumulam na copa de duas folhas.
Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Jardim Chinês
Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Jardim Chinês
Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Jardim Japonês
Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Jardim Japonês
Informações Úteis
  • Acessibilidade: por se tratar de uma área natural alguns trechos possuem pisos menos favoráveis dificultando a locomoção de cadeiras de rodas.
  • Oferece passeio guiado por demanda (formação de grupos) com duração em torno de 01 até 02 horas, sem custo adicional e não precisa ser agendado.
  • O passeio é feito em ambiente a céu aberto, ideal para os dias não chuvosos. Prefira fazê-lo pela manhã ou no final do dia. Recomendamos levar água, chapéu/boné, protetor solar, óculos escuros, roupas e sapatos confortáveis.
  • Clique aqui para ver o mapa do parque.
  • Endereço: Rodovia Campos do Jordão, 215 – Gavião Gonzaga, Campos do Jordão
  • Horário de funcionamento: Aberto todos os dias 08:30 – 17:00
  • Ingressos: Confira condições e valores no site oficial.
  • Todos os dados deste blog são apenas informativos, os passeios poderão sofrer alterações sem aviso prévio. Recomendamos consultar também os sites oficiais das atrações.
Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Amantikir – Jardins que falam
Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Amantikir – Jardins que falam
Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Amantikir – Jardins que falam
Amantikir jardins que falam (Foto: Documento de Viagem)
Amantikir – Jardins que falam
Veja Também
Assista nosso vídeo


Já esteve no Amantikir Jardins que falam? Conte-nos como foi sua experiência!


Esperamos que tenha gostado e ficamos à disposição para esclarecimento de dúvidas, sugestões ou críticas. Salve este post no seu pinterest e acompanhe nossos painéis de viagem!

Um grande abraço,

Marcelo & Paula

documento-de-viagem-campos-do-jordao-amantikir-pinterest

Voltar ao topo


Leia mais
Anúncios
Organize sua viagem
Quando você clica e compra através dos links e banners exibidos pelo blog Documento de Viagem, é gerada uma pequena comissão para o site que não altera o valor do produto final para o leitor e você ainda ajuda a manter o blog. Obrigado!

Documento de Viagem

Documento de Viagem é escrito por Marcelo, formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e por Paula, formada em Gestão de Recursos Humanos. O casal mora em São Paulo e decidiu criar este blog para compartilhar suas experiências de viagem, bem como inspirar outros viajantes a continuarem viajando.

Um comentário em “Amantikir Jardins que falam em Campos do Jordão

Deixe uma resposta

Anúncios
Documento de Viagem
%d blogueiros gostam disto: