O que fazer em San Andrés: como chegar, melhor época e mais

Vem com a gente curtir um pouquinho da bela ilha de San Andrés e desfrutar do mar azul do Caribe. E tem mais, fique por dentro das as melhores opções de passeios, hotéis e restaurantes.

Considerada um dos destinos mais baratos do Caribe, San Andrés é uma pequena ilha colombiana que fica perto de Nicarágua e conhecida como o “mar de sete cores” – devido sua água cristalina que varia entre tons de azul e verde.

Com apenas 26 km de extensão e cerca de 70 mil habitantes, o lugar se transformou em um destino exclusivo de praias repletas de atrações ao ar livre, tais como: passeios de barco, excursões até pequenas ilhas, deliciosos banhos de mar e prática de mergulho, inclusive uma das atividades mais procuradas por quem visita a região.

Dito isso, vale destacar que apesar de San Andrés ser um paraíso, boa parte de suas praias possuem pedras, mas não se preocupe, para aproveitar melhor os passeios e não machucar os pés, se programe e leve ou compre uma sapatilha de mergulho assim que chegar na ilha. Que saber mais!

Sapatilha de mergulho
Sapatilha de mergulho

Navegue por tópicos

O que fazer em San Andrés?

El Hoyo Soplador

É uma fenda natural no meio das pedras que quando está com muita correnteza, a força das ondas se chocam embaixo do buraco fazendo sair um jato de água e molhando quem estiver por perto. Portanto, é um ponto turístico interessante que merece ser visitado.

El Hoyo Soplador
El Hoyo Soplador é uma fenda natural no meio das pedras, que devido à força das ondas do mar “solta vento e água” que se chocam embaixo do buraco
Onde fica San Andrés
Infelizmente quando estivemos por lá, o mar estava mais calmo e não vimos os jatos de água
O que fazer San Andrés
É um ponto turístico interessante que merece uma visita.
El Coco Loco
Saboreando a bebida “El Coco Loco”

La Piscinita

Já pensou conhecer uma piscina natural em meio as pedras? La Piscinita é um desses lugares, repleta de peixinhos e perfeita para fazer snorkel. Mas atenção! O poço é meio fundo, então se não souber nadar é interessante alugar um colete salva-vidas.

Após pagar a entrada de COP 5.000 (R$ 6,14), você receberá um pedaço de pão para jogar aos peixinhos. Possui um restaurante, aluguel de máscaras de mergulho e coletes salva-vidas. Preço referente março/2020.

La Piscinita
La Piscinita é um lugar perfeito para fazer snorkel, repleta de peixes
San Andrés Colômbia
Fica em meio as pedras e realmente parece uma piscina bem grande
Viagem e turismo
É meio fundo, então se não souber nadar, recomendamos alugar um colete salva-vidas

West View

É um pequeno parque à beira-mar ideal para a prática de mergulho, com destaque para um tobogã e trampolim com queda livre para a água. E tem mais, para quem sabe nadar vai encontrar uma estátua do Poseidon (ou Netuno) segurando o seu cajado no fundo de suas águas. Incrível, não?!

+ Encontre seu hotel em San Andrés e garanta os melhores preços!

Para entrar em West View é necessário pagar o valor de COP 5.000 (R$ 6,14), no qual está incluso um pedaço de pão para os peixinhos, além do uso da estrutura com banheiros e espreguiçadeiras. Ainda é possível alugar equipamentos para mergulho, bem como contratar um mergulho com escafandro, ideal para quem não é adepto do mergulho com cilindro e tem vontade de conhecer o fundo do mar. Preço referente março/2020.

Parasail

É uma atração emocionante, o visitante irá sobrevoar o alto mar através de um paraquedas conectado a uma lancha em movimento (é necessário utilizar colete salva-vidas). Então vamos em frente!

Volta na Ilha

San Andrés é uma pequena ilha de 26 km², podendo ser facilmente percorrida de moto, carrinho de golfe, mula (tipo de carrinho) e chiva (espécie de caminhão aberto com banco para passageiros). Essa é, sem dúvida, uma ótima maneira de conhecer a região, alugamos uma moto em frente à praia principal e durante nosso percurso paramos nos principais pontos turístico como a Playa San Luís, El Hoyo Soplador e La Piscinita. Vale destacar que a volta completa no arquipélago dura em torno de 2 horas.

Valeu muito a pena! A sensação de liberdade em contornar a ilha foi indescritível!

Já contratou o seguro de viagem? Viajar com seguro é essencial! Insira o código DOCVIAGEM5 e ganhe 5% de desconto na escolha do seu seguro pela SegurosPromo.

Como circular em San Andrés?

É interessante alugar por alguns dias uma moto, carrinho de golf ou mula (carrinho motorizado), para conhecer as praias mais distantes e nos demais dias se virar batendo perna ou pegando um táxi pontualmente.

Se liga na dica! Caso alugue uma moto padrão em San Andres tente diferenciá-la das demais com uma fitinha no guidão. Pois as motocicletas não tem placa e há tantas delas na ilha que fica difícil achar depois a sua motinha quando estacioná-la no centro da cidade.

Decameron Isleño
É interessante alugar uma moto, carrinho de golf ou mula para conhecer a ilha
San Andrés Caribe
Essa é, sem dúvida, uma ótima maneira de conhecer a região

Como ir para San Andrés?

Não há voos diretos do Brasil para o Aeroporto Internacional Gustavo Rojas Pinilla, em San Andrés, as únicas companhias aéreas que realizam o trajeto com escalas são a Avianca e LATAM (conexão em Bogotá) e Copa Airlines (conexão no Panamá).

Se pretender visitar a ilha, saiba que os turistas devem comprar a tarjeta de turismo (taxa turística) no valor de COP 116.800 (R$ 143,47), preço referente março/2020. O cartão é vendido no guichê de algumas companhias aéreas, ou na sala de espera antes do embarque. Mas fique atento, pois algumas companhias aceitam o pagamento em dólar e outras somente em pesos colombianos (ambas em dinheiro vivo).

Vai aqui uma dica importante: guarde sua tarjeta de turismo, porque será necessário apresentá-la na entrada e depois na saída da ilha. A compra do boleto não é obrigatória para menores de 5 anos e para aqueles que permanecem menos de 24 horas na ilha.

Outro ponto que vale a pena mencionar é sobre fazer compras em San Andrés, uma atividade que já faz parte do roteiro dos visitantes. Só para ter uma ideia, lá você vai encontrar opções de roupas, perfumes e itens de beleza com preços convidativos, mais barato que no Free Shop, por exemplo. Mas é preciso prestar atenção na qualidade e idoneidade dos produtos.

San Andrés
Não há voos diretos do Brasil para o aeroporto da ilha

Qual a melhor época para ir a San Andrés?

O calor predomina durante o ano todo, com temperatura média é de 27ºC em San Andrés. Chove entre os meses de maio a junho e setembro a dezembro, no entanto o tempo costuma ficar abafado, mesmo nos dias em que chove.

Estivemos na ilha no mês de outubro e pegamos um temporal no primeiro dia, contudo as chuvas são passageiras. Outro ponto que vale a pena mencionar é que durante o dia andávamos com uma mochila equipada com garrafa de água, chapéu/boné, óculos de sol, protetor solar e labial. É interessante também levar roupas e sapatos confortáveis, além de saída de banho e camiseta com manga longa para se proteger do sol forte.

Confira nosso “checklist” de verão e criança do que levar para sua viagem.

Outra dica importante: não se esqueça de levar seu “kit farmácia” com medicamentos de uso contínuo (se for o caso) e, remédios para dor de cabeça, diarreia, gripe, enjoo, além de fitas para curativos de cortes e machucados. (Lembre-se: todo medicamento deve ser prescrito por um médico).

Onde comer em San Andrés?

A gastronomia colombiana é bastante rica e colorida, inclusive tem alguns ingredientes conhecidos por nós brasileiros como o milho, batatas, bananas (da terra) e o abacate que são acompanhamentos de pratos salgados. Aliás, não podemos esquecer de citar os peixes e frutos do mar, sempre presentes nos cardápios dos restaurantes da ilha.

Pensando nisso, selecionamos algumas opções: um prato bastante substancioso para se provar é o Bandeja Paisa, que se assemelha um pouco ao nosso virado paulista. Veja só, ele é composto de arroz, feijão, carne moída, ovo frito, torresmo, linguiça, patacones (um bolinho frito de banana da terra), arepa (um pãozinho bem gostoso), tomate e abacate….ufa….a quantidade de itens justifica vir servido em uma bandeja, o qual deu origem ao seu nome.

E tem mais, é um prato bastante popular e um bom lugar para prová-lo é no restaurante familiar Miss Celia, localizado na região central da cidade. Se for passar pela baía de Cocoplum, vale uma pit stop no restaurante do club de praia Aqua Beach Club e saborear suas gostosuras contemplando o lindo visual.

Uma opção mais refinada para provar os pratos caribenhos é o Restaurante La Regatta, localizado no Club Náutico, tem uma bonita vista para o mar, e também uma decoração colorida e peculiar. As suas refeições podem ser acompanhadas da limonada de coco, uma mistura não usual, mas que combina muito bem.

Mais opções de restaurantes em San Andrés

Para variar um pouco da comida caribenha uma escolha é o restaurante La Pizzetta Florio, que tem as redondas como carro chefe. Vale também conhecer o Beer Station, um bar com decoração moderna no final da praia de Spratt Bight que oferece porções bem servidas, opções de fast-food, além de drinks gigantes e cervejas. Aliás, é uma rede bastante famosa na Colômbia com diversas unidades espalhadas pelo país.

Quer saber mais? Nossa recomendação é que saia para fazer sua refeição antes de ficar “esfomeado” JJ, o serviço na ilha não é dos mais velozes e às vezes exige um pouco de paciência. A ideia é desacelerar e entrar no clima e velocidade dos locais e curtir a viagem, concorda?

San Andrés onde comer
A gastronomia colombiana é bastante rica e colorida

Onde ficar em San Andrés?

As opções de hotelaria são variadas desde resorts all inclusive, hotéis, apartamentos até pequenas pousadas e hostels. O preço pode variar bastante dependendo da sua opção, sendo assim é válido pesquisar com antecedência. Quer saber mais? Então confira nosso post completo sobre onde ficar em San Andrés.

Informações úteis

  • Lembramos que os valores e à taxa de câmbio podem sofrer alterações a qualquer momento;
  • Em San Andrés a voltagem é de 110v. E tem mais, as tomadas têm dois pinos planos, então é indicado levar um adaptador, ou se preferir poderá comprar lá em alguma lojinha de acessórios;
  • Tomadas nos Estados Unidos
  • Documentação: por fazer parte do território colombiano, viajar para San Andrés não exige visto para os brasileiros, desde que a viagem seja a turismo e por um período de até 90 dias. Basta levar um documento de identidade (RG) em bom estado de conservação e com data de emissão de até 10 anos, ou passaporte válido, obrigatório se for fazer conexão no Panamá. (A carteira de motorista não é aceita como documento de identificação, no entanto, é necessário levá-la caso queira alugar um veículo). Confira mais informações sobre o documento de identidade nos sites abaixo:
  • Portal Consular Itamaraty – Colombia;
  • São Paulo Notícias;
  • Vacinações: desde 2017, a Colômbia exige dos brasileiros a vacina da febre amarela com o certificado internacional da ANVISA. Verifique como está sua carteira de vacinação antes de viajar. Leia mais informações nos seguintes endereços:
  • Como tirar certificado internacional de vacinação contra febre amarela?
  • Aeroporto Guarulhos Vacinação Contra Febre Amarela;
  • Site oficial San Andres Colombia;
  • Se liga na dica! Os passeios poderão sofrer alterações sem aviso prévio. Por isso, também é interessante consultar os sites oficiais das atrações;
  • Post atualizado em 17 de março de 2020.

Mapa da ilha de San Andrés:

Leia mais


E aí? Já esteve em San Andrés? Conte-nos como foi sua experiência!


Esperamos que tenha curtido o post e, se tiver qualquer dúvida sobre a ilha colombiana, fique à vontade para deixar seu comentário por aqui!

Voltar ao topo


Veja também

Anúncios
Reserve seu hotel aqui!

Planeje sua viagem aqui!
Usando os links dos nossos parceiros, você ajuda o blog com uma pequena comissão e não paga nada a mais por isso. São empresas que confiamos e que utilizamos em todas as nossas viagens. Muito Obrigado!

Documento de Viagem

Documento de Viagem é escrito por Marcelo Nazima, Analista de Sistemas formado pela FATEC, com MBA em Engenharia de Software pela FIAP e por Paula Costa, Pedagoga formada pela UNINOVE e pós-graduanda em Marketing Digital também pela UNINOVE. O casal mora em São Paulo, Brasil e decidiu criar este blog para compartilhar suas experiências de viagem, bem como inspirar outros viajantes a continuarem viajando.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: