Jardim Japonês de Buenos Aires: como visitar

Confira como é a visita ao Jardim Japonês de Buenos Aires, um lugar cercado de árvores, plantas e que transmite muita paz.

Criado em 1967 pela comunidade japonesa de Buenos Aires, o Jardim Japonês é uma das principais atrações do bairro de Palermo. O lugar é lindo e bem cuidado, abriga uma grande variedade de plantas, centro de atividades culturais, um restaurante, um viveiro (onde é possível comprar bonsais) e uma tenda de artigos variados.

Onde fica Buenos Aires
Criado em 1967 pela comunidade japonesa de Buenos Aires, o Jardim Japonês está localizado no bairro de Palermo
Jardim Japonês em Buenos Aires
Além de árvores e plantas, possui um centro de atividades culturais, um restaurante, um viveiro e uma tenda de artigos variados.

Jardim Japonês Buenos Aires

O Jardim Japonês tem um lago cheio de carpas, pontes e esculturas orientais, além de bancos e algumas partes mais elevadas onde você pode sentar e ter uma visão geral do lugar. Outro ponto que vale a pena mencionar é que atualmente o parque é conhecido como o maior jardim japonês fora do Japão. Incrível, não?!

Fazer uma pausa no agito de Buenos Aires para um momento de introspecção nesta visita foi bem legal. Afinal, todos os elementos do jardim buscam o equilíbrio e harmonia, além de replicar a cultura nipônica em seus detalhes.

Vale dizer que nós adoramos o parque, um passeio delicioso que transmite muita paz e recarrega as energias 😍

Onde ir Buenos Aires
Todos os elementos do jardim buscam o equilíbrio e harmonia
Jardim Japonês em Buenos Aires
Atualmente é conhecido como o maior jardim japonês fora do Japão

Informações Úteis

  • Visitas guiadas acontecem aos sábados, domingos e feriados às 11 horas;
  • Restaurante decorado com mesas “estilo japonês” onde você deve remover seus sapatos ou se preferir pode escolher uma mesa “normal” com cadeiras;
  • Acessibilidade: possui acessos para o deslocamento de portadores de necessidades especiais;
  • Horário: todos os dias das 10h às 18h;
  • Endereço: Casares 2966. CABA;
  • Estação de Metrô: Plaza Itália;
  • Confira o preço do ingresso no site oficial;
  • Antes da sua visita, confirme os dados com o destino, para evitar imprevistos;
  • Post atualizado em 22 de junho de 2020.
Ponte Vermelha Jardim Lago
Ponte Vermelha Jardim Lago | Imagem de 139904 por Pixabay
Onde visitar Buenos Aires
Fazer uma pausa no agito de Buenos Aires pra um momento de introspecção nesta visita foi bem legal
Parques argentinos
Fonte: PxHere

Leia mais


E aí? Já esteve no Jardim Japonês Buenos Aires? Conte-nos como foi sua experiência!


Esperamos que tenha curtido o post e, se tiver qualquer dúvida sobre o Jardim Japonês, fique à vontade para deixar seu comentário por aqui!

Voltar ao topo


Veja também

Reserve seu hotel aqui!

Planeje sua viagem aqui!
Este blog contém links de afiliados. O que significa que se você clicar em um dos links e comprar um produto, eu posso receber uma pequena comissão sem custo adicional para você.

Documento de Viagem

Olá, somos o Marcelo e a Paula! Adoramos viajar e conhecer novos lugares no Brasil e no Mundo. Aqui nós compartilhamos as melhores dicas de viagem para que você possa viajar mais e melhor.

4 thoughts on “Jardim Japonês de Buenos Aires: como visitar

  • 23/06/2020 em 06:19
    Permalink

    Que legal!!!!

    É um jardim muito bonito. Eu gosto muito das suas fotos! Obrigado.

    Tenha um dia maravilhoso!

    Resposta
    • 23/06/2020 em 10:13
      Permalink

      Adoramos a sua visita ao bosso blog! Muito agradecidos pelo comentário!! Abraços e uma excelente semana!❤

      Resposta
  • 27/06/2020 em 04:00
    Permalink

    Lugar delicioso… bateu saudade! Obrigada por compartilhar este post maravilhoso que nos trazem recordações tão boas! Bom final de semana!

    Resposta
    • 27/06/2020 em 14:03
      Permalink

      Muitas saudades mesmo….esta quarentena está nos deixando nostálgicos…parece que já fazem 5 anos que estamos na caverna…😄..bjos e agradecemos a visita! ❤❤

      Resposta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: