O que fazer em San Pedro de Atacama: hotéis, passeios e mais

Encontre as melhores dicas sobre o Deserto do Atacama, um dos destinos turísticos mais deslumbrantes do Chile. Este lugar incrível merece constar em seu roteiro e, quem sabe, ser sua próxima aventura.

San Pedro de Atacama é uma cidade do norte do Chile, na região de Antofagasta, que serve como base para se explorar o Deserto do Atacama. O simpático povoado está rodeado por inúmeras atrações naturais que são acessadas pelos passeios vendidos através das agências de turismo.

A lista de lugares imperdíveis é extensa, os visitantes são atraídos pelas paisagens deslumbrantes e pelos muitos sítios arqueológicos. Então prepare-se para encontrar lagoas, montanhas e formações rochosas que parecem ser de outro planeta.

Navegue por tópicos

O que fazer no Atacama?

O deserto mais árido do mundo

Considerado um dos lugares mais secos do mundo, o Deserto do Atacama nunca recebeu chuvas significativas nos últimos 500 anos. Isso porque as correntes marítimas do Oceano Pacífico não conseguem atravessar o deserto, por causa de sua altitude. A Cordilheira dos Andes também atua como barreira, uma vez que a umidade vinda da Amazônia fica presa nesse paredão natural. Por essa razão, as nuvens úmidas acabam descarregando seu conteúdo antes de chegarem ao deserto – raramente chove na região.

Também é considerado o deserto mais alto do mundo, possui planícies que podem chegar até 6.885 metros de altura acima do nível do mar. Devido as condições geográficas, o Atacama apresenta clima quente durante o dia e frio durante a noite, com temperaturas que podem variar de 0 °C a 40 °C.

Sendo assim, é bom levar roupas adequadas para o frio e se preparar para suportar o clima inóspito da região. Outro ponto a salientar são os efeitos da altitude, ou soroche, como é chamado por lá. Só para ter uma ideia, leva-se alguns dias para seu corpo se adaptar ao clima e a altitude, inclusive algumas pessoas podem apresentar sintomas, como dor de cabeça, cansaço, enjoo e falta de ar.

Valle de la Muerte
Valle de la Muerte | Imagem de LuisValiente por Pixabay

San Pedro de Atacama

San Pedro abriga cerca de 5 mil moradores a 2.400 metros de altitude e tem como característica casinhas de adobe (espécie de argila) e ruas de terra. Conta com boas opções de hostel e hotéis, além de restaurantes, lojinhas, bancos e agências de turismo.

Aqui vai uma dica, procure reservar os passeios assim que chegar no vilarejo, pois, dessa forma, será possível comparar e negociar um preço bom – principalmente se você fechar todos os tours com a mesma agência.

Também considere reservar os passeios com antecedência ao viajar na alta temporada, ou se quiser contratar uma agência específica.

+ Encontre seu hotel em San Pedro de Atacama e garanta os melhores preços!

Atacama como ir
O Atacama é um dos lugares mais secos do mundo, nunca recebeu chuvas significativas nos últimos 500 anos

Agências de Turismo

Caracoles é a rua principal de San Pedro, abriga restaurantes, bares e agências de turismo que oferecem vários tipos de passeios pelo Atacama.

As empresas costumam colocar placas na porta de suas lojas informando sobre a programação para os próximos dias. A maioria das atrações é de meio período permitindo fazer até dois passeios por dia.

Normalmente os tours começam às 7h e retornam às 14h, e a tarde saem às 16h e retornam às 20h. Durante esse intervalo você fica livre para almoçar ou fazer um lanche na cidade.

E tem mais, para os passeios que saem de madrugada ou tem duração de um dia inteiro, costuma ser oferecido café da manhã e/ou almoço. Portanto, confirme com a agência se a alimentação está incluída no valor do pacote.

San Pedro de Atacama a Calama
Principal praça de San Pedro de Atacama

Lugares para visitar em San Pedro

San Pedro é uma cidade simples, bem pequena e rústica. Como em todo vilarejo, um dos pontos principais é a Igreja de San Pedro de Atacama, construída em 1774 pelos jesuítas espanhóis que colonizaram a região.

Também ficam no centrinho, a praça principal, o Museu de Arqueologia R. P. Gustavo de Paige que abriga cerâmicas e utensílios da cultura pré-colombiana e o Mercado de Artesanato com produtos locais.

+ Encontre seu hotel em San Pedro de Atacama e garanta os melhores preços!

San Pedro de Atacama church
Igreja San Pedro de Atacama | Foto: By Fabolu (de.wikipedia uploaded by Fabolu) [GFDL (http://www.gnu.org/copyleft/fdl.html) or CC-BY-SA-3.0], via Wikimedia Commons

Tour Astronômico

O Deserto do Atacama é considerado um dos melhores lugares para observação das estrelas, devido as suas condições favoráveis, como a altitude, baixa umidade e pouca luminosidade local. Esse tour é imperdível!

Vamos lá! A observação acontece durante a noite, no entanto, não são todas as agências que oferecem esse passeio.

Outro ponto que vale a pena mencionar é que as saídas não acontecem durante a lua cheia, sendo assim, o ideal é tentar realiza-lo o quanto antes (nos primeiros dias da viagem). Para isso, basta deixar o nome em uma lista de espera da agência e escolher entre o tour guiado em espanhol ou em inglês.

Tour astronômico
Céu estrelado de Atacama

Campo de Observação

O campo de observação é completamente escuro, na primeira parte do tour o astrônomo explica sobre as estrelas, constelações e planetas, enquanto os visitantes observam o céu a olho nu.

Na segunda parte a explicação é sobre os telescópios e sobre qual ponto do céu ele está apontado. Depois todos podem olhar através desses equipamentos para as estrelas e para os planetas.

Informações úteis

  • Devido às baixas temperaturas, é servido um chocolate quente para aquecer os visitantes;
  • O tour é feito todos os dias, exceto em noites de lua cheia ou de céu nublado;
  • O primeiro horário é das 20h às 22h30 (tem outros grupos mais tarde);
  • Leve agasalho pesado, luvas e cachecol para suportar o frio da noite;
  • Valor do passeio 30.000 pesos chilenos por pessoa. Preço referente abril/2021. Lembramos que os valores e à taxa de câmbio podem sofrer alterações a qualquer momento.
Tour astronômico
Tour astronômico | Imagem de grebmot por Pixabay

ALMA

ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) é um projeto grandioso que busca informações sobre as nossas origens cósmicas. A estação está localizada a 50 km de San Pedro e suas enormes antenas em Chajnantor estão a 5.000 metros acima do nível do mar.

Como já mencionado no Tour Astronômico, o Atacama é uma das regiões mais secas da Terra e foi nesse lugar que os astrônomos encontraram as condições perfeitas para a observação.

Vamos lá! Dirigindo pela Rota 27 é possível avistar o ALMA. Inclusive, a nossa guia explicou que o projeto é internacional, realizado em conjunto com alguns países da Europa, Estados Unidos, Japão, Chile, Canadá, Taiwan e Coréia do Sul.

+ Encontre seu hotel em San Pedro de Atacama e garanta os melhores preços!

View of the Very Large Telescope
ALMA | Foto: By J.L. Dauvergne & G. Hüdepohl / ESO (http://www.eso.org/public/images/eso-paranal-51/) [CC BY 4.0], via Wikimedia Commons

Telescópio Gigante

ALMA tem 66 antenas, sendo que 54 delas têm 12 metros de diâmetro. Cada uma está interligada através de sinais e juntas funcionam como um único telescópio gigante.

Além do desenvolvimento astronômico, o projeto trouxe alguns benefícios para o Chile, como a formação de profissionais especializados, o desenvolvimento de engenharia e software, melhoria na infraestrutura de telecomunicações e o desenvolvimento social e econômico das comunidades locais e regionais.

Se você quiser visitar o projeto ALMA, basta acessar o site oficial e preencher o formulário de solicitação. A entrada acontece aos sábados e domingos de manhã, e permite acesso as instalações, ao quarto de controle e aos laboratórios.

Contudo, por razões de segurança, não é permitida a visita ao planalto Chajnantor onde estão as enormes antenas.

The future ALMA array on Chajnantor
ALMA | Foto: By ALMA (ESO/NAOJ/NRAO)/L. Calçada (ESO) [CC BY 4.0 or CC BY 3.0], via Wikimedia Commons

Aluguel de bicicleta

O passeio de bicicleta é uma das atividades que têm se tornado cada vez mais comum entre moradores e visitantes em San Pedro. As bicicletas são bem conservadas e contam com equipamentos de segurança, como capacete, cotoveleira e cadeado.

O preço do aluguel custa em torno de 5.000 pesos chilenos, podendo variar de acordo com a loja escolhida e o tempo de uso (meio período ou um dia inteiro).

+ Encontre seu hotel em San Pedro de Atacama e garanta os melhores preços!

Como conhecer Atacama
O passeio de bicicleta é uma das atividades que tem se tornado cada dia mais comum em San Pedro

Passeio pela região

Cada visitante faz sua programação. Se você tiver mais pique, poderá pedalar 10, 20 km ou mais e conhecer lugares, como o Vale do Catarpe, Quebrada del Diablo, Aldea Tulor e Valle de La Muerte.

Alugamos duas bikes e pedalamos até Pukará de Quitor – antigas ruínas Incas do século XII. O trajeto tem apenas 3 km saindo do centro e dá para fazer tranquilamente de bicicleta. Durante o caminho aproveitamos para conhecer também o Museo Del Meteorito.

Vale dizer que pedalamos todo percurso sob uma estrada de terra batida. O passeio foi bem tranquilo, levamos uma mochila equipada com garrafa de água, protetor solar, óculos de sol e blusa de manga comprida para nos protegermos do sol.

Vulcão Licancabur
Vulcão Licancabur visto a partir de San Pedro de Atacama

Aluguel de Carro no Atacama

Alugar carro não é recomendável, pois há muitos trechos não sinalizados e o GPS não costuma funcionar bem. O ideal é fazer os passeios com as agências de San Pedro que estão acostumadas com as estradas do Atacama.

No entanto, se decidir alugar um carro, o recomendado é optar por um veículo 4X4, ou pelo menos, alto como picapes e SUVs.

Valle de la Muerte
Valle de la Muerte | Imagem de Frederic Diercks por Pixabay
Deserto do Atacama
Deserto do Atacama | Imagem de Frederic Diercks por Pixabay

Como ir de Calama a San Pedro de Atacama?

Primeiro é preciso desembarcar no Aeroporto Internacional de Santiago, depois pegar outro voo com duração aprox. de duas horas até o Aeroporto de Calama – o mais próximo de San Pedro.

De lá, são mais 100 km de carro pela Rota 23, uma estrada em bom estado de conservação e com direito a paisagens típicas do deserto. Inclusive, o nosso transfer parou na Cordillera de la Sal que fica no caminho entre Calama e San Pedro.

Sobrevoando a Cordilheira dos Andes
Sobrevoamos a Cordilheira dos Andes durante o vôo de São Paulo a Santiago. Como sempre ela estava linda e ainda com um pouco de neve nos cumes.
Cordillera de La Sal
Cordillera de La Sal na Rota 23 no caminho entre Calama e San Pedro de Atacama
Como visitar Atacama
Cordillera de La Sal na Rota 23 no caminho entre Calama e San Pedro de Atacama

Qual moeda levar para o Atacama?

Há várias casas de câmbio em San Pedro, na verdade, são lojas de diversos segmentos que acabam realizando o câmbio de moeda de maneira informal.

Se levar dólar ou real, poderá fazer o câmbio nessas lojas, mas você estará sujeito a cotação local. Portanto, vale a pena pesquisar antes de trocar o dinheiro.

Cartões de crédito são bem aceitos na cidade, no entanto, a desvantagem é o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras). Além disso, vale lembrar que o valor do dólar será calculado no dia do fechamento da fatura e não referente ao dia da compra.

Rua Caracoles
Rua Caracoles | Imagem de falco por Pixabay

Qual a melhor época para ir?

Qualquer época do ano é perfeita para visitar o Deserto do Atacama, as temperaturas são bem acentuadas, ou seja, altas durante o dia e baixas durante a noite.

Contudo, se você viajar na baixa temporada, entre os meses de março a maio (outono) e de setembro a outubro (primavera), vai encontrar um clima mais ameno.

Viajamos para o Atacama no mês de abril e para nós foi uma ótima escolha.

Piedras Rojas
Piedras Rojas | Foto de Kristina Gain no Pexels

O que vestir no Atacama?

  • Roupas e calçados confortáveis apropriados para caminhada/trekking;
  • Durante a madrugada e início da manhã faz muito frio, então, leve blusa fleece, jaqueta corta vento, luvas e cachecol. Se for entrar nas termas ou na piscina do hotel leve roupa de banho, toalha e chinelo;
  • Para os passeios andávamos com uma mochila equipada com garrafa de água, chapéu/boné, óculos de sol, protetor solar e labial, além de um kit farmácia;
  • Como já mencionado no início do texto, o Atacama é o deserto mais seco do mundo, por esta razão, as mucosas do nariz, olhos e bocas ficam muito ressecadas. Para amenizar o desconforto leve também: soro fisiológico para o nariz, lágrima artificial para os olhos e protetor labial;
  • Outra dica importante: não se esqueça de levar seu kit farmácia com medicamentos de uso contínuo (se for o caso), e remédios para dor de cabeça, diarreia, gripe e enjoo, além de fitas para curativos de cortes e machucados. Lembre-se: todo medicamento deve ser prescrito por um médico;
  • Confira nosso checklist para sua viagem: Documentos | Verão | Inverno | Neve | Aventura | Criança | Pet.
Deserto do Atacama
Estrada Fotos de banco de imagens por Vecteezy

Quer saber mais?

Se você chegou até aqui, que tal dar uma olhada nos maravilhosos passeios que tem no Atacama? Uma das nossas principais dicas é contratar os passeios com antecedência para não correr o risco de perder nada do maravilhoso deserto.

A nossa parceira TourGo tem os melhores passeios e atendimento personalizado aos brasileiros. E para melhorar ainda mais, economize 10% no seu pacote de passeios contratando a TourGo pelo nosso link.

TourGo Chile

Informações Úteis

  • Documentação: leve passaporte válido ou documento de identidade (RG) em bom estado de conservação e com data de emissão de até 10 anos (neste caso, a carteira de motorista não é aceita como documento de identificação, no entanto, é necessário levá-la caso queira alugar um veículo);
  • Confira mais informações sobre o documento de identidade nos sites Mercosul e Governo de São Paulo;
  • Em San Pedro a voltagem é de 220v;
  • Lembramos que os valores e à taxa de câmbio podem sofrer alterações a qualquer momento. Antes da sua visita, confirme os dados com o destino, para evitar imprevistos;
  • Acessibilidade: por se tratar de uma área natural os trechos possuem pisos menos favoráveis dificultando a locomoção de cadeiras de rodas;
  • Algumas ruas de San Pedro são bem escuras, com pouca ou nenhuma iluminação, portanto, leve uma lanterna;
  • Site oficial de San Pedro de Atacama;
  • Post atualizado em 18 de maio de 2021.

Rota de Calama até San Pedro de Atacama

Leia mais


E aí? Já esteve no Deserto do Atacama? Conte-nos como foi sua experiência!


Esperamos que tenha curtido o post e, se tiver qualquer dúvida sobre o Atacama, fique à vontade para deixar seu comentário por aqui!

Voltar ao topo


Veja também

Reserve seu hotel aqui!

Planeje sua viagem aqui!
Usando os links dos nossos parceiros, você ajuda o blog com uma pequena comissão e não paga nada a mais por isso. São empresas que confiamos e que utilizamos em todas as nossas viagens. Muito Obrigado!

Documento de Viagem

Documento de Viagem é escrito por Marcelo Nazima, Analista de Sistemas formado pela FATEC, com MBA em Engenharia de Software pela FIAP e por Paula Costa, Pedagoga formada pela UNINOVE, com MBA em Marketing Digital também pela UNINOVE. O casal mora em São Paulo e decidiu criar este blog para compartilhar suas experiências em viagens, bem como inspirar outros viajantes a viajar cada vez mais.

4 thoughts on “O que fazer em San Pedro de Atacama: hotéis, passeios e mais

  • 01/09/2017 em 04:30
    Permalink

    Boa noite, sobre a moeda tenho uns 500 euros e uns 150 dolares, acha que é possível pagar o hostel com euro? Teria que pagar os 19% do tal imposto? Ou acha melhor levar qual moeda?Obrigada!

    Resposta
    • 02/09/2017 em 03:39
      Permalink

      Boa noite Ingrid! A grande maioria dos hostels no Atacama aceita tanto dólares como euros. O imposto a que se refere é o IVA(impuesto al valor agregado) , e todo estrangeiro em visita ao Chile pode ficar isento pagando com cartão de crédito internacional ou dólar/ euro. De qualquer forma vale a pena perguntar no seu hostel no momento da contratação o critério adotado por eles. Nós levamos dólares e conseguimos a isenção, bem como fazer câmbio de forma bem fácil. Se for passar antes em Santiago, costuma ser vantajoso fazer o câmbio por lá. Abs e agradecemos a visita. ❤

      Resposta
  • 02/06/2019 em 14:56
    Permalink

    parabéns ao casal Marcelo e Paula Nazima
    E muito confortante as dicas que vocês postaram , esta muito bommmm de+++
    abraços parabéns.

    Resposta
    • 03/06/2019 em 10:56
      Permalink

      Muito obrigado pelas gentis palavras! Abraços

      Resposta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: