Valle de La Luna e Valle de La Muerte: San Pedro de Atacama

Conheça o Valle de La Luna e o Valle de la Muerte, um dos passeios mais populares do Deserto do Atacama para ver o pôr do sol.

Esses dois passeios são ideais para serem feitos nos primeiros dias em que você estiver no Atacama, exatamente por não estarem em uma alta altitude que exija que o corpo já esteja bem aclimatado. Outro motivo é que essas duas atrações ficam próximas de San Pedro, cerca de 3 km o Valle de la Muerte e a 17 km o Valle de la Luna.

Trata-se de um tour de meio período feito principalmente na parte da tarde (recomendável), quando acontece a visualização do pôr do Sol.

É importante lembrar que cada agência de turismo tem a sua programação, algumas fazem a primeira parada no Valle de La Muerte e outras no Valle de La Luna. Então bora conferir?!

Valle de la Muerte
O passeio do Valle de la Muerte e Valle de La Luna é um dos mais tradicionais a serem feitos no Atacama
Valle de la Muerte Atacama
São passeios indicados pelas agências de turismo para serem realizados nos primeiros dias em que você estiver em Atacama

Valle de La Muerte

O nosso passeio começou pelo Vale de La Muerte, segundo o nosso guia, o lugar foi batizado pela primeira vez como Valle de La Marte – referencia ao Planeta Marte, no entanto, quando foram registrar erraram o nome e ficou Valle de La Muerte.

O passeio é relativamente fácil, mas com alguns trechos difíceis na subida pelas encostas do vale. Não vamos mentir, durante a subida paramos algumas vezes para beber água e descansar um pouco.

Vamos lá! Levamos cerca de 20 minutos só para subir, mas a vista vale o esforço. Do alto é possível ver algumas pessoas praticando sandboard nas dunas de 120 metros de altura, além de contemplar uma vista maravilhosa dos vulcões:

  • Licancabur: com 5.920 metros de altura, localizado entre o Chile e a Bolívia, nas proximidades de San Pedro do Atacama;
  • Lascar: com 5.592 metros de altura, localizado no Chile.
Valle de la Muerte altitude
O guia nos contou que milhares de anos atrás a região já havia sido coberta pelo mar e até hoje o sal encontra-se espalhado no chão
Valle de la Muerte Chile
A parte mais difícil do passeio, a subida pelas encostas do Valle

Cuevas de Sal

Algumas agências incluem a visita as Cuevas de Sal, uma caminhada feita por um cânion estreito até uma caverna. Se você tem claustrofobia, não precisa acompanhar o grupo, basta aguardar a turma do lado de fora.

Caso decida fazer a trilha, saiba que a caverna é escura, portanto, para não correr o risco de ficar sem iluminação, leve a sua lanterna. Vale dizer que os guias costumam ter algumas lanternas extras.

+ Encontre seu hotel em San Pedro de Atacama e garanta os melhores preços!

Vulcões Licancabur Lascar
Quando chegamos ao topo e tivemos a vista panorâmica das dunas e dos majestosos vulcões: Licancabur e Lascar
San Pedro do Atacama
Vulcão Licancabur localizado entre o Chile e a Bolívia, nas proximidades de San Pedro do Atacama, com 5.920 metros de altura

Valle de La Luna

A próxima parada foi nas “Três Marias”, um pequeno morro com três pilares formados pela erosão do vento. Com um pouquinho de esforço a gente consegue enxergar o contorno de três mulheres.

Depois seguimos rumo ao Valle de La Luna atravessando um cânion cercado por enormes paredões. Ao longe é possível avistar uma formação montanhosa conhecida como anfiteatro. Mais uma vez, com alguma boa vontade a gente consegue ver semelhanças com um estádio ou arena de futebol.

Quer saber mais? O Vale de la Luna não decepciona, pelo contrário, é mais um espetáculo da natureza formado por rochas salinas, totalmente moldadas pela erosão do tempo. Inclusive, foi no Valle de La Luna que presenciamos um dos mais bonitos pôr do Sol do Atacama.

Três Marias Atacama
A próxima parada foi nas “Três Marias”, um pequeno morro com três pilares formados pela erosão do vento
Valle de La Luna Chile
Seguimos rumo ao Valle de La Luna atravessando um cânion cercado por enormes paredões
Valle de la Luna altitude
As atrações ficam próximas de San Pedro de Atacama (cerca de 3km o Valle de la Muerte e 17 km o Valle de la Luna)
Como ir Valle de La Luna
Como não poderia ser diferente, o Vale é mais um espetáculo da natureza, formado por rochas salinas moldadas pela ação do vento
Valle de La Luna
Trata-se de um tour de meio período feito principalmente na parte da tarde (recomendável) quando acontece a visualização do pôr do Sol

Pedra do Coiote

No Valle de La Muerte o pôr do sol costuma ser visto da Pedra do Coiote, uma enorme rocha que lembra o desenho do Papa-Léguas, suspensa em um paredão com vista panorâmica do deserto.

A pedra fica bem cheia ao entardecer, inclusive é até difícil achar uma posição estratégica para ver e tirar fotos do pôr do sol, e das diferentes cores do vale que mudam à medida que a estrela se põe.

Uma curiosidade: o guia nos contou que milhares de anos atrás essa região já havia sido coberta pelo mar e até hoje o sal encontra-se espalhado no chão.

+ Encontre seu hotel em San Pedro de Atacama e garanta os melhores preços!

Onde fica Valle de La Luna
É importante lembrar que cada agência de turismo tem a sua programação, algumas fazem a primeira parada no Valle de La Muerte e outras pelo Valle de La Luna
Vulcão Atacama
Foi no Valle de La Luna que presenciamos um lindo pôr do Sol em Atacama
Atacama pôr do sol
Não tem como esquecer o visual do vale com o Sol se pondo ao fundo
Valle de la Luna pôr do sol
Fica bem cheio ao entardecer e é até difícil achar uma posição estratégica para ver e tirar fotos do pôr do sol e as diferentes cores do vale que mudam à medida que o sol se põe

Informações Úteis

  • Para o passeio levamos uma mochila equipada com garrafa de água de 1,5 litros, protetor solar, labial, nosso kit farmácia, chapéu/boné e óculos de sol;
  • Use calçado adequado para caminhada/trekking, roupas leves durante o dia e blusa para o fim do dia, quando o sol se põe e a temperatura cai bastante;
  • Leve lanche – caso não esteja incluso no preço do tour. Verifique a disponibilidade com a agência de turismo;
  • Confira nosso “checklist” de inverno e aventura do que levar para sua viagem;
  • Acessibilidade: por se tratar de uma área natural os trechos possuem pisos menos favoráveis dificultando a locomoção de cadeiras de rodas;
  • Página oficial de San Pedro de Atacama;
  • Post atualizado em 08 de junho de 2021.

Rota de San Pedro de Atacama até o Valle de La Muerte e Valle de La Luna.

Leia mais


E aí? Já esteve no Deserto do Atacama? Conte-nos como foi sua experiência!


Esperamos que tenha curtido o post e, se tiver qualquer dúvida sobre o Valle de La Luna e o Valle de la Muerte, fique à vontade para deixar seu comentário por aqui!

Voltar ao topo


Veja também

Reserve seu hotel aqui!

Planeje sua viagem aqui!
Usando os links dos nossos parceiros, você ajuda o blog com uma pequena comissão e não paga nada a mais por isso. São empresas que confiamos e que utilizamos em todas as nossas viagens. Muito Obrigado!

Documento de Viagem

Documento de Viagem é escrito por Marcelo Nazima, Analista de Sistemas formado pela FATEC, com MBA em Engenharia de Software pela FIAP e por Paula Costa, Pedagoga formada pela UNINOVE, com MBA em Marketing Digital também pela UNINOVE. O casal mora em São Paulo e decidiu criar este blog para compartilhar suas experiências em viagens, bem como inspirar outros viajantes a viajar cada vez mais.

2 thoughts on “Valle de La Luna e Valle de La Muerte: San Pedro de Atacama

  • 31/07/2017 em 22:37
    Permalink

    Minha nossa senhora, esse lugar é muito lindo, aahhhhhhhh!!!
    E essa história do nome do Valle de la muerte ser por causa de um erro é MUITO BOA hahaha eu já cheguei a achar que rolaram muitas mortes por lá! 👀

    Resposta
    • 01/08/2017 em 00:58
      Permalink

      O Atacama é um dos nossos preferidos!!! Hahaha..esta estoria do nome do local foi a foi oque o nos contou…vai saber a real origem🤣🤣🤣

      Resposta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: