O que fazer em Fernando de Noronha: as 9 melhores atrações da ilha

Vem com a gente curtir um pouquinho de Fernando de Noronha! O Arquipélago mexe com o imaginário de muitos brasileiros e com razão, pois abriga o mais belo conjunto de praias do Brasil, um verdadeiro paraíso na Terra.

A ilha está cercada por águas claras, abundância de corais, crustáceos, tartarugas e golfinhos, além de uma grande variedade de espécies de peixes e tipos de cardume. E tem mais, o arquipélago tem paisagens surreais que parecem ter saído dos sonhos. A sensação é de estar chegando num lugar mágico dado os seus encantos naturais.

Você sabia que Noronha tem origem vulcânica e é formada por 21 ilhas, ilhotas e rochedos com 26 Km² no total e 17 KM² somente a ilha principal? Pois bem, com exceção do arquipélago principal e do secundário São José, não é permitido pisar nas demais ilhotas de Noronha. Curioso, não é mesmo?!

Então bora conhecer esse paraíso? Saiba tudo e planeje-se!

Navegue por tópicos

O que fazer em Fernando de Noronha?

  1. Praias de Fernando de Noronha
  2. Passeio de Barco em Noronha
  3. As trilhas de Fernando de Noronha 
  4. Mirantes de Fernando de Noronha

5. Museu do Tubarão

Apesar de pequeno, o Museu do Turbarão possui muita informação sobre esta importante espécie marinha, o tubarão, que é injustamente marginalizado pelos filmes de Hollywood. Vale dizer que sempre há um guia no local para esclarecimento de dúvidas e explicação sobre as diferentes espécies.

Na parte externa do museu você vai encontrar algumas esculturas feitas para os turistas tirarem fotos, além de um antigo canhão e ancora.

  • Está localizado próximo ao porto;
  • Aproveite para visitar a Capela de São Pedro, o Mirante do Buraco da Raquel e o Air France que ficam bem próximos;
  • Não é necessário pagar entrada;
  • Há também uma lojinha e um restaurante;
  • Endereço: Rua Joaquim Ferreira, Fernando de Noronha.

Vai alugar um carro? A nossa parceira RentCars te ajuda a encontrar os melhores preços e oferece todas as opções de forma rápida e segura.

Museu do Tubarão
Apesar de pequeno, o Museu do Tubarão possui muita informação disponível sobre esta importante espécie marinha
Onde Fernando de Noronha fica
Sempre há um guia no local para esclarecimento de dúvidas e explicação sobre as diferentes espécies
Museu do Tubarão
Há também uma lojinha e um restaurante
Como ir Fernando de Noronha
Na parte externa do museu, você vai encontrar algumas esculturas feitas para os turistas tirarem fotos, além de um antigo canhão e ancora

6. Capela de São Pedro dos Pescadores

A simplicidade da Capela de São Pedro dos Pescadores no alto de um morro faz dela ainda mais bonita. É possível chegar até a igrejinha de carro ou buggy por uma ladeira bastante íngreme e cheia de pedras. Aproveite também para admirar a vista panorâmica da região.

Quer saber mais?

Capela de São Pedro dos Pescadores
A simplicidade da pequenina Capela de São Pedro dos Pescadores no alto de um morro faz dela ainda mais bonita

7. Centro Histórico de Fernando de Noronha

O Centro histórico fica na região com mais infraestrutura turística da ilha, a Vila dos Remédios. Dito isso, conhecer um pouco sobre a história do arquipélago e visitar suas construções antigas é algo muito enriquecedor.

Um dos prédios históricos é a Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, inaugurada em 1772 e que levou mais de 40 anos para ser finalizada. Nessa capela são celebradas missas de quartas e domingos, bem como casamentos pré-agendados.

+ Encontre seu hotel em Fernando de Noronha e garanta os melhores preços!

Centro histórico de Fernando de Noronha
O Centro histórico fica na região com mais infraestrutura turística da ilha que é a Vila dos Remédios
Igreja de Nossa Senhora dos Remédios
Um dos prédios históricos é a Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, inaugurada em 1772 (levou mais de 40 anos para ser finalizada
Igreja matriz de Fernando de Noronha
É a igreja matriz da ilha onde são celebradas as missas nas quartas e domingos, bem como casamentos pré-agendados

8. Fortaleza de Nossa Senhora dos Remédios

Outro atrativo do centro histórico é a Fortaleza de Nossa Senhora dos Remédios, que foi construída no século XVIII sob as ruínas de um forte holandês, voltado para a Baía de Santo Antonio.

Pois bem, o forte em si já é um atrativo pela sua história, some a isto a linda vista proporcionada do Morro do Pico e dos vários barquinhos do porto. Inclusive, foi dali que conseguimos ver inúmeros golfinhos nadando em direção ao porto logo pela manhã.

Já contratou o seguro de viagem? Viajar com seguro é essencial! Insira o código DOCVIAGEM5 e ganhe 5% de desconto na escolha do seu seguro pela SegurosPromo.

Fortaleza de Nossa Senhora dos Remédios
A Fortaleza de Nossa Senhora dos Remédios foi construída no século XVIII sob as ruínas de um forte holandês e voltado para a Baia de Santo Antonio
O que fazer Fernando de Noronha
O forte em si já é um atrativo pela sua história, some a isto a linda vista proporcionada do morro do Pico e dos inúmeros barquinhos do porto

9. Visita ao Projeto Tamar

Visitar o Projeto Tamar e assistir as suas palestras é algo muito enriquecedor que todo turista poderia fazer. O projeto tem como foco principal as tartarugas marinhas, onde é possível ver réplicas em tamanho real das diferentes espécies e aprender sobre os seus hábitos, regiões exploradas e suas principais ameaças.

Os biólogos também fazem palestras educativas na praia do Boldró, com data e hora marcada de segundas e quintas. Inclusive, nesse local é feita uma captura cientifica de tartarugas com demonstração de pesagem e medição.

Mas não para por aí! Todas as noites às 20 hrs acontece uma palestra no auditório sobre um tema pré-selecionado. Para mais informações consulte o site oficial. Não é necessário agendar participação nas palestras oferecidas, nem pagar ingressos para conhecer o Tamar.

Vale destacar que é sempre bom aprender um pouco mais sobre o ecossistema e a vida animal. Além disso, conversamos com alguns biólogos e é visível o amor pela profissão e pela natureza. Esses profissionais demonstram muita vontade de repassar o conhecimento para conscientizar futuras gerações com a importância da preservação das espécies.

  • Também há uma lojinha no local com produtos a venda do projeto Tamar, caixa eletrônico 24 hrs,, lanchonete e sanitários;
  • Abre diariamente das 8:00 as 22:00;
  • Endereço: Alameda do Boldró;
  • Site oficial: Projeto Tamar
Projeto Tamar Noronha
Visitar o Projeto Tamar e assistir as suas palestras é algo muito enriquecedor que todo turista deveria fazer

Como viajar para Fernando de Noronha
O projeto tem como foco principal as tartarugas marinhas, onde é possível ver réplicas em tamanho real das diferentes espécies

Aproveitando o assunto, confira nosso vídeo sobre Fernando de Noronha e conheça uma das ilhas mais bonitas do Brasil e do mundo!

 

Como chegar e circular por Noronha?

Os voos para Noronha partem de Natal (quartas e domingos) e Recife (todos os dias), e as companhias aéreas que operam no trecho são Azul e Gol. Sabendo disso, para se ter uma linda vista panorâmica do avião, é necessário optar por uma poltrona (janela) do lado esquerdo na ida e do lado direito na volta (se possível na parte de traz da aeronave).

Como ir a Fernando de Noronha gastando pouco
Os voos para Noronha partem de Natal (quartas e domingos) e Recife (todos os dias)

Opções para circular pela Ilha

Táxi – o valor gira em torno de 30/40 reais o trecho entre o centro e uma praia no extremo da ilha. É bastante cômodo de usar, o único porém, é o sinal do seu celular não pegar em alguma das praias para chamar um táxi para retornar, o que pode ser resolvido combinando o horário de retorno com o taxista.

Transporte público – começa a operar às 05:00 e termina às 22:00 (dias úteis). Os ônibus circulam entre o Porto e o Sueste, trafegando pela via asfaltada passando por seus 21 pontos de parada. É uma opção barata, mas tem a desvantagem de não chegar próximo à maioria das praias, além de ter que aguardar um dos 2 ônibus que circulam pelo arquipélago passar. Vide roteiro no link.

+ Encontre seu hotel em Fernando de Noronha e garanta os melhores preços!

Acesso a Fernando de Noronha
O transporte público é uma opção barata, mas tem a desvantagem de não chegar próximo à maioria das praias

Como circular em Fernando de Noronha?

Aluguel de buggy/carro – é uma boa opção para quem quer liberdade para curtir no seu tempo cada canto da ilha. A locação é bem concorrida principalmente na alta temporada, além do que é bom lembrar que os buggys sofrem com a maresia e é uma “roleta russa” pegar um buggy em perfeitas condições.

Foi a nossa opção e nos atendeu, apesar de alguns perrengues que passamos. Veja só! O nosso buggy “pediu água” 2 vezes (pneu furado e direção desregulada), no entanto, conseguimos contato rápido com a locadora para o conserto.

Um ponto negativo para essa escolha é o alto valor de locação e o custo da gasolina (quando visitamos estava R$ 7,29). Dica 1: alugue com operadoras que forneçam suporte 24 hrs para qualquer imprevisto. Dica 2: ofereça carona, uma boa ação sempre volta em dobro.

Aluguel de buggy Fernando de Noronha
Aluguel de buggy/carro é uma boa opção para quem quer liberdade para curtir no seu tempo cada canto da ilha

Caminhando/Carona – vimos muitas pessoas fazendo os passeios a pé e também demos várias caronas. É uma opção que só recomendamos para quem precisa economizar e gosta muito de caminhar, isso porque apesar de pequena, a ilha não é plana, conta com muitas subidas e descidas, além de estradinhas de terra, o que torna um pouco difícil a sua locomoção.

Quando ir para Fernando de Noronha?

Há épocas mais agitadas e outras menos procuradas em Noronha, sendo assim os preços também variam de acordo com a alta e baixa temporada. Confira:

Janeiro a março – é alta temporada na ilha, o fluxo de turistas é grande e os preços tendem a ficarem mais altos. É preciso se programar para ir nesta época garantindo reservas de hotéis e passeios com antecedência. O mar é um pouco mais agitado e propicio para a prática de surf;

Abril a junho – é baixa temporada e os preços tendem a cair. Outro ponto positivo é que o mar começa a acalmar, já o negativo é que aumenta a incidência de chuvas.

Julho – época de férias e novamente a alta temporada faz os valores subirem. O mar já vai estar mais calmo, bom para mergulho. No entanto, assim como o período de janeiro a março, é necessário se programar e garantir reservas de hotéis e passeios com antecedência.

Agosto a novembro – uma das melhores temporadas para ir (inclusive com crianças pequenas), o mar está mais parado e excelente para prática de snorkel, mergulho e passeios de barco. Por outro lado, ruim para os surfistas, mas bom para os mergulhadores. Viajamos para Noronha no mês de outubro e para nós foi uma ótima escolha.

Dezembro – a ilha fica muito cheia com a proximidade do final do ano e os preços atingem as alturas. É o período de maior agito e com muitas baladas em Noronha. Além disso, não é difícil esbarrar com algum famoso nesta época do ano. O mar começa a ficar agitado, bom para a prática de surf.

Praia da Cacimba do Padre
Acompanhamos um lindo pôr do sol na Praia da Cacimba do Padre

O que levar para Fernando de Noronha?

  1. Leve repelente e protetor solar, no entanto, algumas piscinas naturais o uso não é recomendado com o intuito de preservar a qualidade da água e o meio ambiente;
  2. É importante ter um bom tênis para quem for desbravar as diversas trilhas da ilha;
  3. Para quem curte a pratica de snorkel, tenha sempre à mão uma máscara de mergulho/snorkel;
  4. Sapatilhas de banho para evitar machucar os pés nas pedras, equipamentos a prova de água (capinha impermeável para celular, GoPro com acessórios para mergulho);
  5. A maioria dos lugares já aceita cartão de crédito. Somente usamos dinheiro para pequenos gastos;
  6. Outra dica importante: não se esqueça de levar seu “kit farmácia”, com medicamentos de uso contínuo (se for o caso) e remédios para dor de cabeça, diarreia, gripe, antialérgico, enjoo, além de fitas para curativos de cortes e machucados (todo medicamento deve ser prescrito por um médico);
  7. Confira nosso “checklist” de verão aventura do que levar para sua viagem.

Informações Úteis

  • Fernando de Noronha é uma esmeralda já lapidada, preserve-a para que futuras gerações tenham o privilégio de visitá-la com a mesma beleza atual;
  • Em Fernando de Noronha a voltagem é de 220v;
  • Site oficial de Fernando de Noronha;
  • Clique aqui para ver o mapa de Fernando de Noronha;
  • Se liga na dica! Os passeios poderão sofrer alterações sem aviso prévio. Por isso, também é interessante consultar os sites oficiais das atrações;
  • Post atualizado em 03 de março de 2020.

Leia mais


E aí? Já esteve em Fernando de Noronha? Conte-nos como foi sua experiência!


Esperamos que tenha curtido o post e, se tiver qualquer dúvida sobre Noronha, fique à vontade para deixar seu comentário por aqui!

Voltar ao topo


Veja também

Reserve seu hotel aqui!

Planeje sua viagem aqui!
Usando os links dos nossos parceiros, você ajuda o blog com uma pequena comissão e não paga nada a mais por isso. São empresas que confiamos e que utilizamos em todas as nossas viagens. Muito Obrigado!

Documento de Viagem

Documento de Viagem é escrito por Marcelo Nazima, Analista de Sistemas formado pela FATEC, com MBA em Engenharia de Software pela FIAP e por Paula Costa, Pedagoga formada pela UNINOVE, com MBA em Marketing Digital também pela UNINOVE. O casal mora em São Paulo-Brasil e decidiu criar este blog para compartilhar suas experiências de viagem, bem como inspirar outros viajantes a continuarem viajando.

6 thoughts on “O que fazer em Fernando de Noronha: as 9 melhores atrações da ilha

  • 22/11/2018 em 13:39
    Permalink

    Amei as dicas! Ainda não fui mas tá na lista!! Com certeza um dos destinos mais lindos do nosso país.

    Resposta
    • 22/11/2018 em 22:56
      Permalink

      É muito lindo Juliana! Agradecemos a visita ao nosso blog!💙💙

      Resposta
  • 06/02/2019 em 16:10
    Permalink

    Muito boas as dicas, parabéns. Tenho um probleminha com datas para visitar a ilha, a logística parte lá é um pouco mais complicada do que apenas ir para algum lugar no nordeste. Está na minha lista. Obrigado

    Resposta
    • 06/02/2019 em 22:47
      Permalink

      Concordamos! Precisa conciliar o horário dos vôos que saem de Recife ou Natal e tbem tem a questão dos preços que costumam variar bastante. Abs e obrigado pela visita!

      Resposta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: