O que fazer em Mendoza: os 26 melhores pontos turísticos

O que fazer em Mendoza em 3, 4 ou 5 dias? Tudo o que você precisa saber sobre os melhores passeios, quando ir, como ir, onde ficar e mais

O destino escolhido de hoje é Mendoza, uma cidade com cara de interior, muito procurada pelos amantes dos vinhos e bastante atrativa para quem quer uma viagem tranquila, cheia de sabores e lugares para visitar.

Conhecida como a capital internacional do vinho, Mendoza possui mais de 1000 vinícolas em atividade, não há como negar que talvez, este, seja o seu principal atrativo.

Além das incontáveis vinícolas, a cidade também oferece outros passeios, como centros de esqui, cassinos e trilhas. Então, confira as dicas que separamos para você aproveitar muito essa região linda da Argentina!

Navegue por tópicos

O que fazer em Mendoza?

  1. Vinícolas em Mendoza
  2. Passeio de alta montanha
  3. Parque General San Martín (Cerro de La Gloria)

4. Plaza Independência

A Plaza Independência foi construída no início do século XIX. Localizada no centro da cidade, a praça está rodeada de lojas, bares e restaurantes. Os destaques ficam para a fonte de águas dançantes, para o calçadão Peatonal Sarmiento e para o Museu Municipal de Arte Moderna.

Plaza Independência
Plaza Independência foi construída no início do século XIX, está localizada no centro da cidade, com destaque para a fonte de águas dançantes
Plaza Independência Mendoza
Está rodeada de lojas, bares, restaurantes e pontos turísticos como o calçadão Peatonal Sarmiento e o Museu Municipal de Arte Moderna
Plaza Independência
Plaza Independência

5. Plaza Itália

Construída em 1918, a Plaza Itália abriga esculturas em homenagem à contribuição dos italianos a cidade de Mendoza. O destaque fica para o Monumento a la Herencia Italiana.

Mendoza o que fazer
Monumento a la Herencia Italiana
Plaza Itália
Plaza Itália foi construída em 1918, abriga esculturas italianas em homenagem à contribuição dos italianos a cidade de Mendoza

6. Plaza Chile

Foi nomeada como Plaza Chile em 1920 em homenagem aos chilenos que ajudaram o povo de Mendoza após o terremoto que destruiu a cidade em 1861. A praça também carrega as cores da bandeira do Chile.

7. Plaza España

Inaugurada oficialmente 1949, a Plaza España é uma das áreas verdes mais bonitas da cidade. Outra curiosidade é que a praça é toda revestida em azulejo. O destaque fica para um mural que representa a fundação da cidade de Mendoza por parte dos espanhóis.

Já contratou o seguro de viagem? Viajar com seguro é essencial! Insira o código DOCVIAGEM5 e ganhe 5% de desconto na escolha do seu seguro pela SegurosPromo.

Plaza España
Inaugurada oficialmente 1949, a Plaza España é uma das mais belas praças da cidade, é toda revestida em azulejo
Mendoza turismo
Dispõe de um mural (também feito de azulejo) que representa a fundação da cidade de Mendoza por parte dos espanhóis

8. Plaza San Martín

A praça é conhecida por abrigar o monumento de San Martín, general conhecido pelas campanhas revolucionárias que foram decisivas para a independência da Argentina, do Chile e do Peru.

Plaza San Martin
“Plaza San Martin” by PabloBD is licensed under CC BY-SA 2.0

9. Peatonal Sarmiento

Famoso calçadão de Mendoza, Peatonal Sarmiento oferece acesso exclusivo para os pedestres que frequentam seus bares, restaurantes e lojas de souvenirs.

O interessante é que os estabelecimentos oferecem a opção de fazer as refeições ao ar livre, ou seja, as mesas ficam expostas na calçada e, assim você consegue ver e ser visto, além de curtir o clima gostoso da cidade. Na parte interna, os restaurantes contam com um clima agradável e decorações aconchegantes.

Peatonal Sarmiento
Peatonal Sarmiento é um dos pontos turísticos mais visitados de Mendoza devido à grande quantidade de restaurantes, bares e lojas
Mendoza onde comer
O interessante é que os estabelecimentos oferecem a opção de fazer a refeição ao ar livre

Aproveitando o assunto, confira nosso vídeo sobre Mendoza e conheça um destino incrível para os amantes do vinho e da boa gastronomia argentina!

10. Mercado Central

O Mercado Central concentra diversos estandes de frutas, legumes, frutos do mar e quitandas, além de restaurantes e lojas de bebidas. É um ponto turístico interessante para conhecer a cultura e a gastronomia portenha.

Endereço: Av. Las Heras 279, Mendoza.

Mendoza - Mercado Central
“Mendoza – Mercado Central” by miroab is licensed under CC BY-SA 2.0

Museus

Mendoza foi fundada em 1561 por Pedro del Castilho, 300 anos depois grande parte da cidade foi destruída por um terremoto e as marcas desse passado estão preservadas até hoje nos seguintes museus:

11. Museu del Area Fundacional

O museu abriga em seu interior escavações com vestígios da antiga Mendoza que enfrentou um terremoto em 1861.

Endereço: Beltrán y Videla Castillo – Plaza Pedro del Castillo.

12. Ruínas Jesuíticas de São Francisco

Edifício construído pelos jesuítas entre 1716 e 1731, foi destruído pelo terremoto em 1861 e declarado um marco nacional em 1941.

Endereço: na esquina Oeste de la plaza Pedro del Castillo.

13. Museu de Arte Moderna

Inaugurado na década de 60 por um grupo de artistas e historiadores de arte, o Museu de Arte Moderna expõe pinturas, desenhos, gravuras e outras obras de artistas argentinos.

A biblioteca tem mais de 20.000 exemplares entre material bibliográfico sobre a cidade de Mendoza e uma extensa coleção de livros sobre filosofia e literatura.

Endereço: Subsolo na Plaza Independência.

Vai alugar um carro? A nossa parceira RentCars te ajuda a encontrar os melhores preços e oferece todas as opções de forma rápida e segura.

Museu de Arte Moderna
O Museu de Arte Moderna foi inaugurado na década de 60 por um grupo de artistas e historiadores de arte

14. Museu del Pasado Cuyano

Construído em 1873, o Museu del Pasado Cuyano abriga uma coleção de documentos históricos e mobiliário dos séculos XIX e XX. Foi também a casa dos governadores Francisco e Emilio Civit.

Endereço: Montevideo 544.

15. Museu Histórico General San Martín

O Museu Histórico General San Martín foi inaugurado na década de 50 e mantém documentos e objetos pertencentes ao general e sua esposa Remédios, bem como, uniformes militares e aviões de combate.

Endereço: Remédios Escalada de San Martín 1843. Alameda.

16. Aquário Municipal

Inaugurado em 1945, o Aquário Municipal conta com ótima infra-estrutura, abriga várias espécies de peixes e repteis de água doce e salgada. Lá você vai encontrar tartarugas, jacarés, peixes entre outros animais. 

Em frente ao aquário fica a Serpente Anaconda Mendoza Center, centro especializado em diferentes espécies de cobras.

Informações Úteis

  • Acessibilidade: possui acesso para o deslocamento de portadores de necessidades especiais;
  • Endereço: Ituzaingó Buenos Aires esquina;

Cassinos

Para quem está a fim de brincar, essa é a oportunidade, os moradores locais e os turistas podem desfrutar de cassinos no estilo Las Vegas, porém diferentemente dos cassinos americanos que funcionam 24h por dia, os cassinos de Mendoza abrem às 10h com horários de fechamento variados. Confira!

17. Regency – Hotel Park Hyatt

O Regency conta com dois andares com mais de 3.000 metros quadrados, 650 máquinas caça níquel e 19 mesas de jogos, e para aqueles que desejam mais privacidade podem contar com a área VIP –  com máquinas de jogos, comida e bebida.

E tem mais, de sexta a domingo, durante a noite, o cassino oferece shows ao vivo com artistas locais e com vários ritmos, entre eles: tango, jazz, bossa nova, flamenco e pop.

Endereço: 25 de Mayo, 1115, Mendoza.

+ Encontre seu hotel em Mendoza e garanta os melhores preços!

Cassino Regency (Hotel Park Hyatt)
Cassino Regency (Hotel Park Hyatt)

18 Enjoy – Sheraton

O Enjoy abriga máquinas caça níquel e mesas de jogos, além de bares e restaurantes. De sexta a domingo oferece shows ao vivo.

Endereço: Primitivo de la Reta 1009, Mendoza – Argentina.

19. Arena Maipu

O Arena Maipu conta com 425 slots caça níquel, 25 mesas de roleta eletrônica, 10 tabelas com os jogos mais populares, 4 roletas e 6 mesas de jogo. Dispõe de sala VIP, serviço de transfer e bar.

Endereço: Lateral Sur Emilio Civit 791, esquina Maza, CP (5515), Mendoza.

20. Cassino de Mendoza

O Cassino de Mendoza possui 07 unidades localizadas nos principais bairros da cidade. As casas oferecem máquinas caça níquel, mesas de jogos e shows ao vivo, além de restaurantes e bares. Outro destaque fica para as áreas reservadas para os fumantes exceto no Cassino Tupungato.

Confira os endereços abaixo:

  1. Sede Central – Endereço: Departamentos de Capital y Godoy Cruz, en la Avenida San Martín N° 2045 casi esquina Brasil, principal arteria del Gran Mendoza;
  2. San Martín – Endereço: Centro del Departamento, calle 9 de Julio N° 142;
  3. Rivadavia – Endereço: Departamento calle San Isidro N° 999;
  4. General – Endereço: Avenida Alvear N° 136;
  5. Tupungato – Endereço: calle Belgrano N°727;
  6. Tunuyán – Endereço: San Martín N°933;
  7. Malargüe – Endereço: San Martín N°113.

+ Onde compramos acessórios para viagem

Shopee Viagem

21. Termas de Cacheuta

Localizadas a 40 km do centro de Mendoza, as Termas de Cacheuta são muito procuradas por aqueles que desejam renovar as energias e passar um dia relaxante.

As termas são 100% naturais e sua formação se deve a água do degelo vinda das montanhas. A água infiltra a grandes profundidades passando por um processo de aquecimento natural.

O empreendimento oferece três opções ao visitante: o Parque de Água, o Termas Spa Full Day e o Hotel & Resort.

Parque de Água

  • O parque dispõe de piscinas com águas termais com temperaturas variadas;
  • Escaladas na montanha acompanhadas por guias;
  • Restaurante lanches e comidas típicas (não incluso na entrada).

Termas Spa Full Day

  • Inclui as piscinas termais, hidroterapia, massagens de 30 a 60 minutos;
  • Buffet com variedade de comida;
  • Disponível aluguel de roupão;
  • Necessário reservar com antecedência o dia de SPA.

Hotel & Resort

  • Conta com 16 apartamentos (alguns com vista para a piscina e para a montanha);
  • Piscinas com águas termais, hidroterapia e massagens;
  • Cardápio completo com café da manhã, almoço, aperitivo e jantar (bebidas não inclusas);
  • Atividades como tirolesa, escalada, trilhas na montanha, natação e passeios de bicicleta.

Informações Úteis

  • É possível fazer uma visita à fábrica de cerveja artesanal Cheuta;
  • Mercadinho localizado dentro do parque com produtos necessários para passar o dia;
  • Serviço de translado – busca e leva o visitante até os hotéis em Mendoza;
  • Endereço: Ruta Prov. nº82 KM 38 Cacheuta, Mendoza;
  • Site oficial Termas de Cacheuta
Cacheuta
“cacheuta” by Leandro Martinez is licensed under CC BY 2.0
Termas Cacheuta
Elvis Boaventura, CC BY 3.0, via Wikimedia Commons

22. Reserva Natural Villavicencio

Para os amantes da prática de trekking, a Villavicencio é uma ótima opção para passar o dia. Conta com uma área de reserva natural que ajuda a proteger os animais e a vegetação dos Andes.

Fazem parte da reserva três áreas montanhosas que esculpem a bela paisagem andina:

  1. El Monte com 1.200 metros;
  2. El Cardonal com 2.700 metros;
  3. La Puna entre 2.700 a 3.000 metros.

A Reserva Villavicencio oferece as seguintes atividades:

  • Museu com fotografias;
  • Trilhas temáticas;
  • Mirante EL Balcón com uma imponente formação geológica;
  • Camino de Caracoles – antiga rota colonial;
  • Cruz de Paramillos fica no limite entre a Reserva Natural, o Mirador del Cerro Aconcagua e a Via Crucis de altura;
  • Parador Villavicencio – espaço com lanchonetes, cafeterias e lojas de lembrancinhas;
  • Hospedagem Villavicencio.

Informações Úteis

  • Todos os domingos boa parte dos restaurantes preparam o ‘menu de la montanha’, com refeições combinadas com uma sobremesa;
  • Valores: o acesso a reserva custa AR$ 165 (R$ 35) para estrangeiros adultos e AR$ 115 (R$ 24) para crianças de 6 a 12 anos. Preço referente abril/2017;
  • Endereço: Ruta Provincial N° 52, Km. 16,5, Las Heras, Mendoza (50 km de Mendoza);
  • Site oficial Reserva Natural Villavicencio
Gran Hotel Villavicencio
Leandro Kibisz, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons
Reserva Natural Privada Villavicencio
“Reserva Natural Privada Villavicencio” by Tim Buss is licensed under CC BY 2.0

23. Cordón del Plata

O Cordón del Plata está localizado nos Andes Argentinos, possui 5.968 metros de altura e impressiona até mesmo do alto do avião de onde conseguimos avistá-lo. Outra curiosidade é que é possível observá-lo de vários pontos da cidade.

A montanha é muito procurada para a prática de alpinismo, inclusive há diversas agências de turismo local que oferecem os seguintes passeios: trilhas, trekking, camping e aventuras de ecoturismo em geral.

+ Encontre seu hotel em Mendoza e garanta os melhores preços!

Cordón del Plata
A Montanha Cordón del Plata está localizada nos Andes Argentinos possui 5.968 metros de altura
Cordon del Plata Mendoza
Cordon del Plata | Imagem: Titan2155, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

24. Vulcão Tupungato Provincial Park

O Tupungato é um vulcão ativo com 6.570 metrôs de altura, no entanto, não entra em erupção e não registra emissões de cinza desde 1986.

O vulcão está localizado dentro do Parque Provincial Tupungato, uma reserva natural de 110.000 hectares de extensão na fronteira entre o Chile e a argentina (130 km de Mendoza).

Tupungato
Tupungato | Imagem: Gerard Prins, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

25. Vallecitos Ski Centre

Para quem visita Mendoza em sua temporada de inverno, o Vallecitos Ski Centre é uma boa opção para a prática do esqui/snowboard, conta com 12 pistas que chegam até 3.350 metros de altura no cume.

A estação funciona entre os meses de junho a setembro (com pico de neve entre julho e agosto), tem hospedagem, escola de esqui, aluguel e venda de equipamentos.

Está localizado próximo do Cordon del Plata, aprox. 80 minutos do centro de Mendoza.

26. Las Leñas

Em Mendoza, há dois centros principais de esqui: Los Penitentes e Las Leñas.

Considerado um dos melhores centros de esqui e snowboard da América do Sul, Las Leñas tem 3430 metros de altura e 29 pistas que totalizam 65 quilômetros esquiáveis.

Oferece aluguel de equipamentos, escola de esqui e o Snow Park, com atividades diversas na neve. Conta ainda com hospedagem, restaurantes e lojas de souvenires.

+ Encontre seu hotel em Mendoza e garanta os melhores preços!

Las Leñas
Las Leñas | Imagem: Andre Charland from Canada, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

Citytour – Passeio de ônibus turístico

Se escolher essa opção, você vai conseguir circular pela cidade através do Mendoza City Bus, um ônibus de dois andares. A vantagem desse tipo de passeio é que você não fica “preso” a horários e você mesmo escolhe aonde quer ir e ficar por mais tempo.

O serviço funciona 24h por dia e conta com 20 paradas nos principais pontos turísticos da cidade:

  • Peatonal Sarmiento
  • Casino Mendoza
  • Fuente de los Continentes
  • Cerro de la Gloria
  • Estádio Malvinas Argentinas
  • Plaza Independência
  • Acuario Municipal
Mendoza City Bus
Você conseguirá circular pela cidade através do “Mendoza City Bus”, um ônibus de dois andares
Mendoza como se locomover
Funciona 24h por dia e conta com 20 paradas nos principais pontos turísticos da cidade

La Batea City Tour 

Ônibus de dois andares, você desce e sobe nos locais e horários combinados. A vantagem desse passeio é que há um guia turístico disponível que explica sobre os pontos turísticos visitados.

Opção nº 01 (Passeio/Parque)

Duração 1h30

  • Parque San Martín
  • Cerro de la Gloria

Saídas: Avenida Sarmiento y Chile.

Opção nº 02 (City Tour)

Duração 2h30

  • Tour pela Ciudad
  • Área Fundacional
  • Parque Cívico
  • Plazas
  • Parque San Martín
  • Cerro de la Gloria

Saídas: Avenida Sarmiento y Chile.

La Batea City Tour
A vantagem deste passeio é que há um guia turístico disponível que explica sobre os pontos turísticos visitados

Táxi

Dependendo do hotel onde você ficará hospedado, você vai conseguir fazer o centro de Mendoza a pé – se gostar de caminhar é claro. O trajeto de táxi tem bons preços e funciona com taxímetro. Lembre-se de levar dinheiro, Pesos Argentinos “trocadinhos”.

Aluguel de Carro

Mendoza está localizada apenas 363 km de Santiago do Chile e a cerca de 1.051 km de Buenos Aires, capital do país.

Alugar carro não é uma má opção, principalmente se você pretende conhecer outras regiões mais distantes, mas é preciso ficar atento para a época do ano escolhida, pois diferentemente do Brasil, o inverno na Argentina é mais rigoroso.

Geralmente, as regiões altas dos Andes tem muita neve, portanto, para quem não está acostumado a dirigir em estradas cobertas de neve, o passeio pode ficar perigoso. Outro ponto que vale a pena mencionar é que na cidade de Mendoza, quase nunca neva.

Vai alugar um carro? A nossa parceira RentCars te ajuda a encontrar os melhores preços e oferece todas as opções de forma rápida e segura.

Aeroportos

O Aeropuerto Internacional de Mendoza El Plumerillo (MDZ) possui voos diretos para algumas cidades. São elas:

Aeropuerto de Mendoza
O Aeropuerto de Mendoza possui voos diretos para algumas cidades da Argentina e de outros países

Circular de Bicicleta

En La Bici

Conceito bem legal de uso compartilhado de bicicletas para conhecer a cidade de uma forma sustentável e saudável.

Funciona assim: você faz um cadastro no site En La Bici e depois é só começar a pedalar – o mais legal é que o serviço é gratuito para os moradores e para os turistas.

Os usuários precisam ter mais de 18 anos ou mais de 16 anos (se estiver acompanhado de um adulto).

O tempo de locação é de uma hora, podendo ser renovado nas estações.

Como funciona:

  • Primeiro você deve fazer um cadastro online gratuito no site En La Bici e registrar um número PIN;
  • Retira a bike e seu capacete em uma das estações;
  • Depois de usar a bike, basta devolve-la em um dos pontos da En La Bici.

Bicitour

O Bicitour circula por diversos lugares históricos, culturais e turísticos de Mendoza. Os usuários precisam ter mais de 18 anos ou mais de 16 anos (se estiver acompanhado de um adulto).

  • O tour é gratuito, porém é necessário fazer um cadastro no site;
  • Para mais informações acesse o site oficial Ciudad de Mendoza ou envie e-mail para enlabici@ciudaddemendoza.gov.ar
Viñedos de Mendoza
“Viñedos de Mendoza” by fainmen is licensed under CC BY-SA 2.0

Onde ficar em Mendoza?

Confira os melhores lugares para ficar em Mendoza. Basicamente, há duas opções de hospedagem: hotéis no centro ou próximos das vinícolas.

A cidade é relativamente pequena e segura – para se ter uma ideia, caminhamos pelo centro a noite e não sentimos insegurança em nenhum momento. Outro ponto que vale a pena citar é que estando hospedado no centro você vai conseguir visitar bares, restaurantes, lojas e até alguns pontos turísticos a pé.

Confira a nossa seleção de hotéis feita com base no que consideramos essencial em uma viagem: limpeza, localização e bom custo/benefício.

Ah! Todos os hotéis selecionados possuem wi-fi e café da manhã inclusos na diária.

5 estrelas

Diplomatic Hotel

Para os que desejam ficar em um hotel 5 estrelas, aqui vai uma ótima sugestão: o Diplomatic é um empreendimento luxuoso com quartos espaçosos, piscina, sauna e academia de ginástica. Além disso, oferece café da manhã super completo incluso na diária.

Endereço: Primitivo De La Reta 989, Mendoza.

Diplomatic Hotel
Hotel muito confortável e bem localizado | Imagem: Diplomatic Hotel
Diplomatic Hotel Mendoza
Hotel charmoso e tranquilo | Imagem: Diplomatic Hotel

4 estrelas

Hotel Raices Aconcagua

Ficamos hospedados nesse hotel na nossa recente visita a Mendoza e ficamos muito satisfeitos. O Raices Aconcagua tem excelente localização, próximo ao centro de Mendoza, quartos espaçosos e com arquitetura clean, além de piscina a céu aberto e um excelente custo/benefício.

Endereço: San Lorenzo 545, Mendoza.

Hotel Raices Aconcagua
Localização muito boa, ao lado da charmosa Plaza Italia | Imagem: Hotel Raices Aconcagua
Hotel Raices Aconcagua
O café da manhã é bom | Imagem: Hotel Raices Aconcagua

3 estrelas

Cóndor Suites Apart Hotel 

O Cóndor está localizado a apenas algumas quadras do centro e tem como diferencial os apartamentos espaçosos com sala de estar e cozinha completa.

Endereço: Julio Leonidas Aguirre 90, Mendoza.

Condor Suites Apart Hotel
Localização ótima, com todos pontos turísticos próximos. Camas muito confortáveis | Imagem: Condor Suites Apart Hotel
Cóndor Suites Apart Hotel
Cozinha com fogão e geladeira | Imagem: Cóndor Suites Apart Hotel

Hostel

Chill Inn Hostel 

Opção mais em conta para a sua estadia em Mendoza, o Chill Inn Hostel é bastante procurado por oferecer também quartos com banheiros privativos. Está localizado a algumas quadras do centro, com fácil acesso a bares e restaurantes.

Tem piscina ao ar livre, churrasqueira e outras áreas compartilhadas, como cozinha, terraço e lounge com televisão e videogame, que facilitam a interação com outros hospedes.

Endereço: Aristides Villanueva 385, Mendoza.

Chill Inn Hostel Mendoza
A localização é excelente, perto de muitos bares e restaurantes | Imagem: Chill Inn Hostel
Chill Inn Hostel Mendoza
Ambiente agradável no hostel | Imagem: Chill Inn Hostel

O que vestir em Mendoza?

Depende da época do ano em que você estará na cidade, a temperatura média anual é de 16,7 (mais friozinho que no nosso Brasil). Como em qualquer região mais ao sul do globo, os períodos da primavera e verão (setembro a fevereiro) são mais quentes durante o dia e no final da tarde e ao anoitecer são mais frias, já na época de inverno (junho a agosto) podem registrar temperaturas muito baixas ou até negativas.

De forma geral, é recomendado levar jaqueta corta vento e roupas confortáveis, além de calçados apropriados para caminhadas. Ah, e não podemos esquecer de mencionar que durante o dia andávamos com uma mochila equipada com garrafa de água, protetor solar e lanchinhos.

Confira nosso checklist para sua viagem: Documentos | Verão | Inverno | Neve | Aventura | Criança | Pet.

Outra dica importante: não se esqueça de levar seu kit farmácia com medicamentos de uso contínuo (se for o caso) e remédios para dor de cabeça, diarreia, gripe e enjoo, além de fitas para curativos de cortes e machucados. (Lembre-se: todo medicamento deve ser prescrito por um médico).

Qual a melhor época para ir?

Qualquer época do ano é perfeita para visitar Mendoza e suas famosas vinícolas. Entre os meses de setembro a fevereiro, você vai encontrar temperaturas mais quentes. Já para quem quer esquiar, a melhor época para aproveitar a neve é de junho a agosto.

Outra curiosidade é que Mendoza possui um clima árido muito parecido com Santiago do Chile. Por essa razão, ambas as cidades possuem condições favoráveis para o cultivo das uvas, já que são irrigadas com a ajuda da água do degelo da Cordilheira dos Andes.

Viajamos para Mendoza no mês de março e para nós foi uma ótima escolha.

+ Encontre seu hotel em Mendoza e garanta os melhores preços!

Mendoza quando ir
Qualquer época do ano é perfeita para visitar Mendoza e suas famosas vinícolas

Informações Úteis

  • Acessibilidade: o centro de Mendoza e algumas atrações contam com acesso para o deslocamento de portadores com necessidades especiais. Outras áreas possuem calçadas desniveladas que dificultam a mobilidade. No geral, a maioria dos hotéis e pousadas possuem acomodações adaptadas, assim como lojas e restaurantes;
  • Documentação: Leve um documento de identidade (RG) em bom estado de conservação e com data de emissão de até 10 anos ou passaporte válido (neste caso, a carteira de motorista não é aceita como documento de identificação, no entanto, é necessário levá-la caso queira alugar um veículo). Confira mais informações sobre o documento de identidade nos sites abaixo:
  • Mercosul RG;
  • Governo de São Paulo;
  • Em Mendoza a voltagem é de 220v. As tomadas têm três pinos planos e dois redondos, recomendamos levar um adaptador, ou se preferir poderá comprá-lo lá em alguma lojinha de acessórios;
  • documento-de-viagem-tabela-tomada-mendoza-argentina
  • Lembramos que os valores e à taxa de câmbio podem sofrer alterações a qualquer momento;
  • Há pontos de wi-fi gratuitos pela cidade e também em quase todos os hotéis, bares e cafés. Verifique com os estabelecimentos a disponibilidade do serviço;
  • Clique aqui para ver as câmeras (ao vivo) da cidade;
  • Post atualizado em 23 de agosto de 2021.

Leia mais


E aí? Já esteve em Mendoza? Conte-nos como foi sua experiência!


Esperamos que tenha curtido o post e, se tiver qualquer dúvida sobre Mendoza, fique à vontade para deixar seu comentário por aqui!

Voltar ao topo


Veja também

Reserve seu hotel aqui!

Planeje sua viagem aqui!
Usando os links dos nossos parceiros, você ajuda o blog com uma pequena comissão e não paga nada a mais por isso. São empresas que confiamos e que utilizamos em todas as nossas viagens. Muito Obrigado!

Documento de Viagem

Documento de Viagem é escrito por Marcelo Nazima, Analista de Sistemas formado pela FATEC, com MBA em Engenharia de Software pela FIAP e por Paula Costa, Pedagoga formada pela UNINOVE, com MBA em Marketing Digital também pela UNINOVE. O casal mora em São Paulo e decidiu criar este blog para compartilhar suas experiências em viagens, bem como inspirar outros viajantes a viajar cada vez mais.

7 thoughts on “O que fazer em Mendoza: os 26 melhores pontos turísticos

  • 15/04/2017 em 11:30
    Permalink

    Mendoza é um sonho a ser realizado

    Resposta
    • 22/04/2018 em 15:02
      Permalink

      Mendoza é linda demais! Vale muito a pena conhecer! $uce$$o a vc também! Abraços 💙

      Resposta
  • 10/07/2018 em 19:15
    Permalink

    Vocês ficaram quantos dias inteiros? Estou pensando em 3 dias. Sendo 2 dias para vinícolas e 1 dia para o Alto da Montanha.

    Resposta
    • 10/07/2018 em 21:04
      Permalink

      Olá Roberta! Três dias cheios são suficientes para fazer os passeios que vc citou. Recomendamos reservar com antecedência se quiser visitar uma vinícola mais concorrida. Visite nosso blog para mais detalhes sobre Mendoza.
      https://documentodeviagem.com/passeios-em-mendoza-argentina/

      Qq outra dúvida, pode nos retornar! Abs

      Resposta
  • 24/01/2019 em 19:05
    Permalink

    Qual sua opinião sobre o melhor meio de transporte para ir almoçar/jantar no El Enemigo ou na Lagarde?

    Resposta
    • 24/01/2019 em 19:23
      Permalink

      Olá Eleonora, contratamos os serviços de um taxista local. Negociamos preço fechado ida e volta para conhecermos a vinícola El Enemigo. Normalmente na recepção dos hotéis eles indicam os taxistas ou empresas de turismo que fazem esse tipo de serviço. Abraços!

      Resposta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: