O que fazer em Buenos Aires: roteiro de 4 dias na cidade argentina

O que fazer em Buenos Aires: confira dicas de onde comer, onde se hospedar, os principais pontos turísticos, shows de tango e mais

Conhecida pelo famoso Tango e pela velha rivalidade no futebol (Brasil x Argentina), o país é, sem dúvida, um dos mais ricos em termos de cultura, história e gastronomia. Sendo nossa vizinha, fica fácil emendar um feriado e conhecer a terra dos nossos queridos hermanos.

Buenos Aires é a capital e a maior cidade da Argentina, além de ser a segunda maior metrópole da América do Sul, ficando atrás apenas de São Paulo. É considerada um dos mais importantes destinos turísticos do mundo devido as inúmeras atrações culturais e construções históricas.

Certamente você vai se apaixonar por essa cidade que é considerada um pedacinho da Europa na América Latina.

Navegue por tópicos

Casa Rosada em Buenos Aires
Casa Rosada em Buenos Aires

Caminito
Caminito | Fonte: PxHere

O que fazer em Buenos Aires?

Plaza Mayo

Principal praça de Buenos Aires, a Plaza Mayo é palco frequente de diversas manifestações políticas que acontecem desde a época colonial até hoje.

Entre as razões está o fato da praça estar localizada em um ponto estratégico da cidade, está rodeada de importantes edifícios históricos, como a Casa Rosada (sede do poder executivo), a Catedral Metropolitana, prédios financeiros e a sede do Banco de La Nación Argentina.

Endereço: em frente à Casa Rosada;

Estação de metrô: Plaza de Mayo.

Plaza Mayo Buenos Aires
A Plaza Mayo está rodeada de importantes edifícios históricos
Banco de La Nación Argentina
Banco de La Nación Argentina

Avenida 9 de Julho

Principal avenida da cidade, a 9 de Julho foi construída em 1912 e concluída em 1930. A avenida recebeu este nome em homenagem a Declaração da Independência da Argentina em 9 de Julho de 1816.

Ficamos impressionados com o tamanho da avenida que é considerada a via mais larga do mundo. Mas não para por aí! Em meio ao cruzamento das avenidas Corrientes e 9 de julho, encontramos o famoso Obelisco de Buenos Aires – parecido com o Obelisco do Parque do Ibirapuera em São Paulo.

O monumento foi inaugurado em 1936 em comemoração ao quarto centenário da fundação da cidade.

Estação de metrô: 9 de Julio.

+ Encontre seu hotel em Buenos Aires e garanta os melhores preços!

Avenida 9 Julho Buenos Aires
A avenida recebeu este nome, em homenagem da Declaração da Independência da Argentina em 9 de Julho de 1816
Obelisco de Buenos Aires
O Obelisco de Buenos Aires foi inaugurado em 1936  em comemoração ao quarto centenário da fundação da cidade

Calle Florida (Rua Florida)

Parecida com a nossa 25 de Março no centro de São Paulo, a Calle Florida oferece acesso exclusivo para os pedestres poderem fazer suas compras com mais tranquilidade. A rua é um dos pontos turísticos mais visitados de Buenos Aires, abriga inúmeras lojas, livrarias, cafés e restaurantes.

Durante nossa visita a Florida, aproveitamos para ‘garimpar’ um pouco e encontramos produtos interessantes como roupas e calçados. Engraçado que enquanto passeávamos pela rua, em silêncio, os vendedores ambulantes chamavam-nos assim: ‘Brasileiros vamos comprar!’, ou seja, não tem jeito, nós brasileiros somos reconhecidos em todo lugar, mesmo de boca fechada, rsrsr.

Aproveitamos também para fazer uma parada na cafeteria Havanna. Para quem não conhece, trata-se de uma marca que vende deliciosos alfajores de doce de leite (vendidos atualmente no Brasil).

Estação de metrô: Florida.

Já contratou o seguro de viagem? Viajar com seguro é essencial! Insira o código DOCVIAGEM5 e ganhe 5% de desconto na escolha do seu seguro pela SegurosPromo.

Rua Florida Buenos Aires
A rua Florida é um dos pontos turísticos mais visitados de Buenos Aires, devido à quantidade de lojas, livrarias, cafés e restaurantes

Recoleta

Um dos bairros mais nobres e charmosos de Buenos Aires, a Recoleta é um ótimo lugar para fazer caminhadas e andar de bicicleta. Possui muitas atrações turísticas, como museus, restaurantes e cafés, além do famoso cemitério da Recoleta, conhecido por abrigar um grande número de obras de arte e túmulos de personalidades importantes, como o da María Eva Duarte de Perón, conhecida como Evita.

Recoleta foi construído em 1822 como o primeiro cemitério público da cidade. Oferece visitas guiadas gratuitas apenas em espanhol. Ter a sex às 11h. Sábados, domingos e feriados, às 11h e 15h. O passeio dura cerca de uma hora sem necessidade de agendar. Para mais informações acesse Cemitério de la Recoleta.

Cemitério de la Recoleta
Cemitério de la Recoleta | Imagem de Ximena-c por Pixabay

Recoleta Tour

Todas as quintas-feiras, às 17 hrs, o departamento de Turismo da cidade de Buenos Aires oferece visitas guiadas gratuitas pelo bairro da Recoleta (incluindo o cemitério). O ponto de encontro para o passeio fica na Av. Quintana 596 (Centro de Atendimento do turista).

O tour passa pelo centro histórico da região, visitando os principais monumentos e esculturas, além de conhecer a sua história. Segue pela Praça Francia (Plaza Francia), pela Igreja del Pilar e pelo Cemitério.

Recomenda-se chegar com 10 minutos de antecedência. Há necessidade de reservar no site oficial Buenos Aires Turismo – o passeio está sujeito a cancelamento devido às condições do tempo.

Estação de metrô: Las Heras.

Recoleta Argentina
A Recoleta é um dos bairros mais nobres e charmosos de Buenos Aires

Plaza de las Naciones Unidas (Recoleta)

A Plaza de las Naciones Unidas, também conhecida como Plaza de la Facultad de Derecho, recebeu este nome em 1956 e faz referência a ONU (Organização das Nações Unidas).

A praça é conhecida por abrigar a Floralis Genérica, uma impressionante escultura de uma flor  construída com alumínio que abre durante o dia e fecha à noite. Foi desenhada pelo arquiteto Eduardo Catalano e inaugurada na praça em 2002.

Estação de metrô: Las Heras.

Floralis Genérica A Flor Metálica
O monumento chamado “Floralis Genérica” (A Flor Metálica), possui mais de 20 metrôs de altura
Floralis Genérica Flor Metálica
Floralis Genérica – Flor Metálica | Fonte: PxHere

Museu Nacional de Belas Artes (Recoleta)

O Museu abriga um acervo com mais de 12 mil peças sobre a arte europeia do século XIX e sobre a história da Argentina. Durante o percurso é possível encontrar esculturas de artistas como Pablo Curatella Manes e Rodin.

Também faz parte do seu acervo coleções de impressionistas e pós-impressionistas mais importantes da América Latina, como Manet e Van Gogh.

Informações Úteis

  • Visita guiada gratuita: terças-feiras, quartas-feiras, sextas-feiras – 16:30. Não precisa agendar;
  • Acessibilidade: possui acesso para o deslocamento de portadores de necessidades especiais;
  • É permitido tirar fotografias sem flash ou tripé;
  • Endereço: Del Libertador 1473 | Recoleta | Argentina;
  • Estação de metrô: Las Heras;
  • Horários: ter a sex 11h – 20h | sáb e dom 10h – 20h | Fechado às segundas-feiras.

Bairro Palermo

Área nobre de Buenos Aires, o bairro Palermo abriga diversas atrações culturais, restaurantes e bares. Além disso, é um ótimo lugar para fazer compras – parecido com a nossa Oscar Freire em São Paulo, mas com preços bem mais acessíveis.

Atualmente, o bairro está dividido por diversos sub-bairros:

  • Palermo Chico: concentra mansões e residências de alto padrão;
  • Palermo Viejo: área mais antiga, abriga restaurantes, igrejas, escolas e centros culturais;
  • Palermo Soho: onde ficam escritórios, lojas de moda, restaurantes e bares;
  • Palermo Hollywood: é chamado assim, devido a grande quantidade de produtoras de TV, cinemas e rádios instalados na região. É conhecido também pela concentração de restaurantes, discotecas, cafés e pela vida noturna;
  • Las Cañitas: abriga diversos prédios altos, restaurantes e bares;
  • Villa Freud: área residencial.

Estações de Metrô: Plaza Itália ou Palermo.

+ Encontre seu hotel em Buenos Aires e garanta os melhores preços!

Palermo Lake
“Lakes of Palermo. Buenos Aires” by hernanpba is licensed under CC BY-SA 2.0
Palerno Buenos Aires
“Palermo, Buenos Aires, Argentina, 15th. Jan. 2011” by In Memoriam: PhillipC is licensed under CC BY 2.0

Planetário Galileo Galilei (Palermo)

Aberto ao público desde 1968, o Planetário Galileo Galilei promove a divulgação científica e outros assuntos que envolvem o Universo, tornando o conhecimento científico acessível para todas as pessoas.

Conta com um novo sistema totalmente digital que projeta imagens em alta resolução para trazer ao espectador a sensação de viajar entre as estrelas.

Confira abaixo as salas do Planetário Galileo Galilei:

Planetário Galileo Galilei
O Planetário Galileo Galilei promove a divulgação científica, tornando o conhecimento científico acessível para todas as pessoas

Plaza Astronómica

Expõe objetos astronômicos, como Meteoritos, fragmentos de asteroides, da Lua ou de Marte.

Expo Interactiva

Dividido em sete áreas: La Tierra, La Luna, El Sistema Solar, La Vía Láctea, El Universo, La Exploración Espacial e El Espacio y Vos, expõe roupas de astronautas e outros objetos científicos.

Fotografias Astronômicas da Argentina

Espaço para os argentinos compartilharem com o público imagens captadas com suas câmeras e telescópios.

Planetário Zeiss

Museu sobre a história de Carl Zeiss, criador do primeiro projetor planetário do mundo, batizado como ZEISS Planetário Modelo Jena, Alemanha (1923). O espaço também abriga fotografias, documentos e livros da época.

Planetário Galileo Galilei
Planetário Galileo Galilei | Imagem: Denise Mayumi, CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

Telescópios

O planetário conta com alguns telescópios que funcionam aos sábados e domingos, ao anoitecer e apenas quando o céu está aberto, sem nuvens.

Acessibilidade

‘Céu para Todos’ é um show de ciência popular, destinado principalmente para as pessoas com deficiência visual ou com baixa visão – conta com apresentação tátil e auditiva.

Para pessoas com problemas de audição, há um programa adaptado para surdos e deficientes auditivos em espanhol. A apresentação é legendada e interpretada na língua de sinais argentina. O salão possui um instrumento que ajuda a amplificar o som ajudando o público que usa aparelho auditivo.

Para os cadeirantes o planetário conta rampas para o deslocamento de cadeira de rodas.

Informações Úteis

  • Horários e ingressos: consulte o site oficial para mais informações;
  • Endereço: Sarmiento s/n, 1425;
  • Estação de Metrô: Plaza Itália.
Planetário Galileo Galilei
Planetário Galileo Galilei | Imagem: Gobierno de la Ciudad Autónoma de Buenos Aires, CC BY 2.5 AR, via Wikimedia Commons

Museu de Arte Latinoamericana – MALBA (Palermo)

Inaugurado em 2001, o MALBA é um dos museus mais visitados da cidade. Reúne mais de 220 obras de artistas de diversos países, entre eles estão a brasileira Tarsila do Amaral e a mexicana Frida Kahlo.

O museu está localizado no bairro de Palermo, conta com uma biblioteca, cinema e teatro.

Informações Úteis

  • Acessibilidade: possui acesso para o deslocamento de portadores de necessidades especiais;
  • Restaurante no local;
  • Horários e ingressos: confira no site oficial valores e condições especiais;
  • Endereço: Figueroa Alcorta 3415;
  • Estação de Metrô: Plaza Itália.

+ Encontre seu hotel em Buenos Aires e garanta os melhores preços!

MALBA
“Museo de Arte Latino Americano de Buenos Aires (MALBA) Entrance” by puroticorico is licensed under CC BY 2.0

Teatro Colón (Centro)

Considerado um dos mais importantes palcos de ópera do mundo, o Teatro Colón já recebeu nomes importantes, como Plácido Domingo, Luciano Pavarotti e Maria Callas.

Sua primeira sede funcionou entre 1857 a 1888, sendo reinaugurada em 1908. Possui 8.202 metros quadrados e arquitetura em estilo eclético próprio do início do século XX. Está localizado entre as ruas Cerrito, Viamonte, Tucumán e Libertad em pleno coração da cidade.

Informações Úteis

  • Acessibilidade: possui acesso para o deslocamento de portadores de necessidades especiais;
  • O teatro realiza visitas guiadas veja a programação e valores no site oficial;
  • Endereço: Cerrito 628, Ciudad Autónoma de Buenos Aires;
  • Estação de Metrô: Tribunales.

Teatro Colón
Teatro Colón | Imagem: Raphael Henrique Figueira, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

San Telmo

Bairro boêmio de Buenos Aires, o San Telmo está cercado por inúmeros antiquários (lojas que vendem objetos antigos) e pelos famosos cafés tradicionais argentinos.

O bairro reflete a alma da antiga Argentina – as casas mantêm as construções originais e as ruas são feitas de paralelepípedo.

San Telmo
“San Telmo, Buenos Aires, Argentina” by miuchi22 is licensed under CC BY 2.0

Feira de San Telmo

Acontece todos os domingos na Plaza Dorrego, lá você vai encontrar barraquinhas de antiguidades, apresentações de artistas anônimos, dança de tango e comidas típicas.

A Plaza Dorrego é uma das mais antigas da cidade e atualmente abriga boa parte do comércio local.

El Mercado San Telmo

Construído em 1897, o Mercado San Telmo conta com vários estandes de frutas, legumes e carnes, além de lojas de antiguidades, artesanatos e restaurantes.

Estátua da Mafalda

Mafalda é uma personagem infantil com mais de 50 anos de história, foi desenhada pelo cartunista Quino um antigo morador do bairro.

A estátua possui tamanho natural e está localizada na Calle Chile nº 371. Virou parada obrigatória, só para se ter ideia, formam-se filas para conseguir fazer uma foto ao lado da boneca.

Outro ponto que vale a pena mencionar é que nesse bairro é possível encontrar um grande número de albergues com valores mais acessíveis (indicamos um deles na seção de hotéis).

Estação de Metrô: San Juan.

Mafalda in San Telmo
“Mafalda in San Telmo” by blmurch is licensed under CC BY 2.0

Puerto Madero

Misto de bairro nobre e centro financeiro, o Puerto Madero tornou-se um polo gastronômico bastante turístico após ser revitalizado nos anos 90. Há muitos bares e restaurantes, e com tantas boas opções, fica até difícil escolher onde comer.

Por ser uma região bastante turística, muitos restaurantes tem um valor um pouco acima da média, se comparados com outros lugares de Buenos Aires.

É muito gostoso caminhar pelo calçadão após fazer uma refeição e poder apreciar a beleza da Puente de la Mujer e dos barcos que por ali trafegam em direção ao Río de la Plata. Inclusive, o movimento de turistas é intenso durante as noites, finais de semana e feriados.

+ Encontre seu hotel em Buenos Aires e garanta os melhores preços!

Puerto Madero
Misto de bairro nobre e centro financeiro, Puerto Madero se tornou um polo gastronômico bastante turístico
Ponte das Mulheres Puente de las Mujeres
Há muitos bares e restaurantes em Puerto Madero e fica até difícil escolher o que comer e aonde ir quando se está caminhando por lá

Ponte das Mulheres Puerto Madero
É muito gostoso caminhar pelo calçadão e apreciar a beleza da Ponte das Mulheres e os barcos que por ali trafegam em direção ao Rio da Prata

Compras em Buenos Aires

Buenos Aires possui muitas lojas e comércio de rua (os famosos camelôs!). Lá você vai encontrar praticamente de tudo: eletrônicos, roupas, perfumes, itens de beleza, couro etc.

Mesmo com o dólar em tempos de alta, ainda vale a pena comprar alguns produtos que você necessita. Certamente não será aquela loucura, mas ainda há boas opções que vão te deixar bastante feliz.

Os comerciantes argentinos costumam aceitar o nosso ‘real’, no entanto, o ideal é usar o peso argentino para não estar sujeito ao cambio que cada loja adota no momento da conversão. Nossa dica é fazer uma lista com os itens que deseja adquirir e verificar antes os preços praticados no Brasil para ter uma ideia dos valores.

Veja os principais endereços para fazer compras na cidade:

  • Av Corrientes: abriga inúmeros bares, restaurantes e lojas de diversos produtos, além de cruzar com a famosa Rua Florida;
  • Rua Florida: um dos principais lugares para fazer compras em Buenos Aires (citado no texto acima);
  • Av Santa Fé: considerada uma das principais avenidas de moda e costura, cruza também com os bairros de Recoleta e Palermo, conhecidos por abrigar inúmeros restaurantes, bares e centro de compras (citados no texto acima);
  • Av Córdoba: extensa via que cruza com as avenidas Santa Fé e Corrientes, conta também com um comércio variado de lojas de diversos produtos.

Como circular em Buenos Aires?

Citytour – Passeio de ônibus turístico

Se escolher essa opção, você vai conseguir circular pela cidade através do ‘Buenos Aires Bus’, um ônibus turístico de dois andares, sendo a parte de cima aberta o que permite uma visão privilegiada. Essa é uma boa opção de passeio.

São três tipos de rotas e 33 paradas nos principais pontos de Buenos Aires. A vantagem desse tipo de passeio é que você não fica ‘preso’ a horários e você mesmo escolhe onde quer ir e ficar mais tempo.

Confira no site oficial os benefícios e descontos para algumas atrações da cidade oferecidos para os passageiros do Buenos Aires Bus. Os bilhetes oficiais são vendidos apenas no próprio ônibus da empresa, através do site oficial ou nas bilheterias oficiais (recomendamos não comprar os tickets nas ruas).

Veja algumas das principais paradas abaixo:

Percurso Azul

  • Parada 7: La Bombonera | Brandsen 805
  • Parada 8: La Boca – Caminito | Av. Pedro de Mendoza 1959
  • Parada 10: Puerto Madero | Juana Manso. Estimado 700 y Macacha Guemes, frente al Hilton
  • Parada 11: Río de la Plata | Olga Cosentini 150.
  • Parada 12: Galerías Pacífico | Av. Córdoba 429

Percurso Vermelho

  • Parada 13: Av. 9 de Julio | Carlos Pellegrini 955
  • Parada 14: Plaza San Martín | Florida 1095
  • Parada 15: Floralis Genérica | Av. Figueroa Alcorta 2263 y Quiroga
  • Parada 16: MALBA | Figueroa Alcorta 3461 – Plaza República de Perú
  • Parada 17 / Parada 0 Azul: Plaza Italia | Sarmiento Est. 2600, entrada a la Rural
  • Parada 18: Palermo Soho I | Malabia 1861
  • Parada 23: Recoleta | Av. Pte. Manuel Quintana 555 y Ayacucho
  • Parada 24: Teatro Colón | Cerrito 760

Percurso Verde

  • Parada 1: MALBA | Figueroa Alcorta 3461 – Plaza República del Perú.
  • Parada 2: Planetário | Av. Sarmiento 4200.
  • Parada 8: Bosques de Palermo | Av. del Libertador 3876.
  • Parada 10: Palermo Soho II | Armenia 1984.
Buenos Aires
Buenos Aires | Fonte: PxHere
Buenos Aires
Buenos Aires | Fonte: PxHere

Táxi

Dependendo do hotel onde você ficará hospedado, você vai conseguir fazer quase tudo a pé – se gostar de caminhar é claro.

O trajeto de táxi tem preços bons e funcionam com taxímetro, mas é mais seguro utilizar o Rádio Táxis ou mesmo os aplicativos de transporte como o Uber.

Lembre-se de levar dinheiro, Pesos Argentinos “trocadinhos”.

Aluguel de Carro

Alugar carro não é uma má opção, mas saiba que o trânsito de Buenos Aires, assim como de qualquer grande cidade do mundo é uma loucura, além disso, a maioria dos hotéis não possui estacionamento para guardar o veículo e os que têm cobram taxa extra.

Vai alugar um carro? A nossa parceira RentCars te ajuda a encontrar os melhores preços e oferece todas as opções de forma rápida e segura.

Metrô (ou Subte como eles chamam por lá)

O metrô sempre é uma boa opção para se chegar aos principais pontos turísticos de qualquer cidade urbana do mundo. São seis linhas que conectam as principais avenidas, estações de trem e ônibus municipais.

Você consegue comprar a passagem individual ou o cartão chamado SUBE – Sistema Único de Boleto Eletrônico – uma espécie de Bilhete Único do Brasil. O cartão está disponível nos guichês do metrô e permite viajar nos ônibus, metrôs e trens da cidade. O magnético pode ser carregado nos quiosques e postos habilitados.

Para mais informações acesse o site oficial SUBE.

Veja o mapas das estações de metrô de Buenos Aires.

Circular de bicicleta

Essa é uma ótima maneira para conhecer Buenos Aires. Basta fazer um cadastro no Site do Ecobici e depois é só começar a pedalar, o serviço é gratuito e funciona 24 horas por dia.

Como funciona:

  1. Primeiro você deve fazer um cadastro gratuito no Ecobici (online ou pessoalmente);
  2. Online: registre-se como usuário ou baixe o aplicativo BA Ecobici no seu telefone celular. (Só precisa anexar o arquivo do seu documento de identidade digitalizado);
  3. Pessoalmente: marque um horário na página Buenos Aires Turnos e compareça na sede de governo indicada com seu documento de identidade;
  4. Para liberar a bicicleta basta acionar o aplicativo instalado em seu celular ou pelo telefone 0800-333-BICI (2424), ou através de um cartão chamado VOS que você solicita preenchendo um formulário;
  5. Depois de usar a bike, basta devolve-la em um dos pontos da Ecobici;
  6. Veja o mapa das estações do Ecobici e das ciclovias.
O que fazer em Buenos Aires
Buenos Aires oferece ainda diversos lugares para quem vai visitar

Onde comer em Buenos Aires?

Nós particularmente adoramos a culinária argentina e seus ótimos vinhos. Engana-se quem pensa que ela está restrita apenas as parrilhas e empanadas, que por sinal são uma delicia!

Um dos principais atrativos para quem faz turismo no país, sobretudo em Buenos Aires é a possibilidade de comer muito bem gastando bem pouco. Os preços costumam ser bem convidativos e a refeição farta. Confira!

Como pedir o ponto da carne:

  • Jugosa – mal passada (apenas um alerta que o mal passado portenho chega a ser quase cru)
  • A punto – ao ponto
  • Cocida – bem passada

Mini manual de carnes:

documento-de-viagem-tabela-cortes-de-carnes

Empanadas

El SanJuanino

Casa com mais de 50 anos de existência, é perfeita para quem quer conhecer a típica empanada argentina (com diversos recheios disponíveis) e outros pratos típicos regionais.

Possui três unidades em Buenos Aires, sempre cheias de pessoas ávidas pelas sua empanadas.

  • Posadas, 1515 (Recoleta);
  • Sánchez de Bustamante, 1788 (Barrio Norte);
  • José Hernandez, 2345 (Belgrano).
El Sanjuanino
Empanada de carne | Imagem: El Sanjuanino

Parrilhas

La Cabrera

Indicamos este restô em Palermo para saborear suculentos cortes de carne. Ele é bem charmoso e tem o cuidado de apresentar os pratos e acompanhamentos de forma bem bonita.

Tem a opção mais em conta para a hora do almoço (menu meiodia) composto de: entrada + prato principal + sobremesa + 1 bebida (copo de vinho, refri ou água).

Endereço: Calle Cabrera 5127, Palermo.

La Cabrera Buenos Aires
É o corte ideal para um paladar fino que busca excelência na degustação | Imagem: La Cabrera

Don Ernesto

Outra boa escolha para saborear um bife de chorizo ou um ojo de bife. É um pouco menos turístico e mais tradicional que o La Cabrera, mas não menos saboroso nos pratos que serve.

O ambiente é descontraído e informal, e permite a quem faz a refeição por lá deixar o seu autógrafo nas paredes ou em qualquer outra área livre. Os pratos são bem servidos e dependendo da sua fome dá até para dividir a refeição e economizar uns pesos.

Endereço: Carlos Calvo, 375, San Telmo

Parrilla Don Julio

Restaurante tradicional de família no bairro de Palermo, uma ótima possibilidade para saborear as famosas carnes portenhas. Tem muitas sugestões na carta de vinhos e atendimento bastante cordial.

Por não ser muito grande é recomendado reservar ou ter paciência na fila de espera.

Endereço: Guatemala, 4691, Palermo Viejo.

Parrilla Don Julio
Batata doce grelhada, Alcauciles de La Plata grelhados e Salame potro | Imagem: Parrilla Don Julio

Tomo I

Para quem busca uma experiência gourmet, certamente, o Tomo I é uma ótima opção. Trata-se de um dos mais sofisticados restaurante de Buenos Aires.

Destacam-se as carnes de javali, búfalo, faisão, além de vinhos argentinos e franceses.

Endereço: Carlos Pellegrini, 521, Entrepiso | Localizado no mezanino do hotel Panamericano com vista parcial para a Avenida 9 de Julio.

Tomo 1
Cozinha portenha gourmet | Imagem: Tomo 1

El Desnível

Restaurante de dependências simples, mas que surpreende pelos excelentes assados e pelo ótimo custo benefício. Seu paladar e bolso vão gostar muito!

Endereço: Defensa 855, San Telmo (Metrô “Independencia”, Subte C).

Cabaña Villegas (Puerto Madero) 

Uma boa opção para provar cortes de carnes e degustar um bom vinho com vista para o Río de la Plata.

Endereço: Av Alicia Moreau de Justo 1050 – Puerto Madero – Buenos Aires.

Cabaña Villegas
Tradicional parrillada argentina | Imagem: Cabaña Villegas

Café Tortoni

O Café Tortoni é um ícone de Buenos Aires e que todo turista deveria visitar. Inaugurado em 1858, é a cafeteria mais antiga em funcionamento da cidade, preservando a decoração antiga desde sua fachada até o seu interior.

Além do tradicional chocolate quente com churros, oferece lanches e até carnes como o bife de chorizo e lomo.

As sextas, sábados e domingos a partir das 20 hrs costuma-se ter apresentações de tango. Clique aqui para consultar a agenda atualizada. Recomenda-se fazer reserva.

Endereço: Avenida de Mayo 825, Microcentro, Buenos Aires.

Café Tortoni
O Café Tortoni é um ícone de Buenos Aires que todo turista que é turista precisa visitar
Café Tortoni
Café Tortoni | Fonte: PxHere
Café Tortoni Buenos Aires
Foi inaugurado em 1858, sendo a cafeteria mais antiga em funcionamento na cidade

Lojas da Havana

Não tem como deixar de notar e visitar uma dessas lojas e comprar os famosos alfajores. As lojas da Havana estão espalhadas pelos quatro cantos da cidade e certamente são uma ótima opção para um lanchinho rápido.

Lojas da Havanna
Não tem como deixar de notar e visitar uma das lojas da Havanna e comprar alguns alfajores
Havanna Buenos Aires
Elas estão espalhadas pelos 4 cantos de Buenos Aires
Havanna Argentina
São sempre uma ótima opção para um lanchinho rápido

Sorveterias (Heladerias)

Conheça duas dentre tantas opções de sorveterias de Buenos Aires. Só para se ter ideia, há mais de 3.000 sorveterias para todos os gostos e bolsos.

Freddo (Sorveteria)

A Freddo é uma das maiores redes de sorvetes da Argentina, conta com unidades espalhadas por todo o país. Além da Argentina, a Freddo está presente no Brasil, Uruguai, Paraguai, Chile, Bolívia, Inglaterra e Estados Unidos.

Além dos sorvetes, a casa vende deliciosos bombons, tortas e cafés.

Endereço: Av. Alicia Moreau de Justo 292, Puerto Madero – Buenos Aires.

Cadore 

Menos globalizada que a Freddo, a Cadore funciona até hoje, no mesmo endereço desde 1957. Os proprietários de origem italiana trouxeram da terra natal receitas artesanais que foram sendo aprimoradas até os diversos sabores oferecidos atualmente.

Endereço: Av. Corrientes 1695 – Buenos Aires – localizada aprox. 6 quadras do obelisco.

Onde ficar em Buenos Aires?

5 estrelas

Mio Buenos Aires

Bonito e luxuoso, o hotel Mio Buenos Aires possui decoração moderna e quartos espaçosos. Está localizado no coração da Recoleta, um dos melhores bairros da cidade.

Wi-fi e café da manhã estão inclusos no valor da diária. Além disso, o hotel tem piscina coberta e SPA para quem quiser relaxar após um longo dia de passeios ou de trabalho. Conta com apenas 30 suítes – o que torna a sua estadia mais personalizada.

Não tem estacionamento disponível para locação.

Endereço: Av Quintana 465, Recoleta – Buenos Aires, Argentina.

Mio Buenos Aires
Quarto amplo, silencioso e iluminação planejada | Imagem: Mio Buenos Aires
Mio Buenos Aires
Bem localizado, excelente café da manhã e acomodações modernas | Imagem: Mio Buenos Aires

Sheraton Buenos Aires Hotel & Convention Center

Ficamos hospedados nesse hotel na nossa primeira estadia em Buenos Aires e não nos arrependemos. Pois bem, seguindo os padrões da rede Sheraton, esse hotel é grandioso, possui 740 quartos com café da manhã incluso na diária.

Tem um SPA e duas piscinas, sendo uma delas coberta, estacionamento para locação e wi-fi não gratuito.

Está localizado próximo a estação de metrô Retiro-Mitre, a 400 metros da rua Florida e do bairro Puerto Madero.

Endereço:  San Martin 1225, Retiro – Buenos Aires, Argentina.

Sheraton Buenos Aires Hotel & Convention Center
Sheraton Buenos Aires Hotel & Convention Center
Onde se hospedar em Buenos Aires
Sheraton Buenos Aires Hotel & Convention Center

4 estrelas

Galerias Hotel

Ficamos hospedados nesse hotel na nossa ressente visita a Buenos Aires e nos atendeu muito bem – com boa relação custo-benefício. Possui apenas 43 quartos com hidromassagem, café da manhã e wi-fi na diária sem custos adicionais.

Está localizado no centro da cidade, a 65 metros da rua Florida e a duas quadras do metrô Lavalle. Também está pertinho do Shopping Center Galerías Pacífico.

Endereço: Tucuman 651, Buenos Aires, Argentina.

Galerias Hotel Buenos Aires
O hotel possui uma excelente localização | Imagem: Galerias Hotel

3 estrelas

Telmho Hotel Boutique

Ótima opção para quem gosta de hotéis boutique. Tem decoração clean e somente 9 suítes disponíveis. Está bem localizado no bairro de San Telmo, com galerias de arte e lojas de designers ao seu redor.

Está próximo de Puerto Madero. Tem café da manhã e wi-fi inclusos na diária.

Endereço: Defensa, 1086, San Telmo, Buenos Aires, Argentina.

Telmho Hotel Boutique
Localização excelente, em frente a feira de San Telmo com fácil acesso a varias atrações | Imagem: Telmho Hotel Boutique

Hostel

Milhouse Hostel Avenue

Indicado para quem quer economizar e ao mesmo tempo interagir com outras pessoas. Vale muito a pena ficar hospedado nesse hostel, tem quartos com banheiros privativos e também compartilhados.

Oferece excelente localização, permitindo que se faça muitos passeios a pé ou de metrô (está a apenas 200 metros do metrô Lima e a 600 metros do obelisco).

Tem café da manhã e wi-fi inclusos na diária. Organiza festas no bar do hotel, o que facilita a interação com pessoas de diferentes lugares do mundo.

Endereço: Avenida de Mayo 1245 – Buenos Aires, Argentina.

Milhouse Hostel Avenue
Passeios turísticos nas proximidades e Perto do transporte público | Imagem: Milhouse Hostel Avenue

O que vestir em Buenos Aires?

Depende da época do ano em que você estará na cidade, a temperatura média anual é de 17,7 (mais friozinho que no nosso Brasil). Como em qualquer região mais ao sul do globo, na primavera e verão, durante o dia as temperaturas são quentes e no final da tarde e ao anoitecer são mais frias. Já no outono e inverno podem registrar temperaturas muito baixas ou até negativas.

Entre os meses de outubro a março são mais chuvosos. Já entre os meses de abril a setembro são mais secos. Viajamos para Buenos Aires nos meses de outubro e dezembro.

De forma geral, é recomendado levar jaqueta corta vento e roupas confortáveis, além de calçados apropriados para caminhadas. Ah, e não podemos esquecer de mencionar que durante o dia andávamos com uma mochila equipada com garrafa de água, protetor solar e lanchinhos.

Confira nosso checklist para sua viagem: Documentos | Verão | Inverno | Neve | Aventura | Criança | Pet.

Outra dica importante: não se esqueça de levar seu kit farmácia com medicamentos de uso contínuo (se for o caso) e remédios para dor de cabeça, diarreia, gripe e enjoo, além de fitas para curativos de cortes e machucados. (Lembre-se: todo medicamento deve ser prescrito por um médico).

+ Encontre seu hotel em Buenos Aires e garanta os melhores preços!

Onde se hospedar em Buenos Aires
Buenos Aires é a capital e maior cidade da Argentina, além de ser a segunda maior metrópole da América do Sul, ficando atrás apenas de São Paulo

Informações Gerais

  • Acessibilidade: Buenos Aires é uma cidade que está melhorando cada vez mais a questão de acessibilidade para todos. A maioria dos hotéis possui acomodações adaptadas, assim como as casas de show, os museus e os restaurantes. Diversas atrações estão equipadas com rampas para cadeiras de rodas, elevadores e entradas de fácil acesso para deficientes físicos;
  • Documentação: leve um documento de identidade (RG) em bom estado de conservação e com data de emissão de até 10 anos ou passaporte válido (neste caso, a carteira de motorista não é aceita como documento de identificação, no entanto, é necessário levá-la caso queira alugar um veículo). Confira mais informações sobre o documento de identidade nos sites abaixo:
  • Portal Consular Itamaraty;
  • São Paulo Notícias;
  • Em Buenos Aires a voltagem é de 220v. As tomadas têm três pinos planos. Recomendamos levar um adaptador ou se você preferir, poderá comprá-lo lá em alguma lojinha de acessórios;
  • Argentina e Paraguai
  • Em quase todos os hotéis, bares e cafés o acesso à internet é gratuito. Verifique com os estabelecimentos a disponibilidade do serviço;
  • Post atualizado em 12 de agosto de 2021.

Leia mais


E aí? Já esteve em Buenos Aires? Conte-nos como foi sua experiência!


Esperamos que tenha curtido o post e, se tiver qualquer dúvida sobre Buenos Aires, fique à vontade para deixar seu comentário por aqui!

Voltar ao topo


Veja também

Reserve seu hotel aqui!

Planeje sua viagem aqui!
Usando os links dos nossos parceiros, você ajuda o blog com uma pequena comissão e não paga nada a mais por isso. São empresas que confiamos e que utilizamos em todas as nossas viagens. Muito Obrigado!

Documento de Viagem

Documento de Viagem é escrito por Marcelo Nazima, Analista de Sistemas formado pela FATEC, com MBA em Engenharia de Software pela FIAP e por Paula Costa, Pedagoga formada pela UNINOVE, com MBA em Marketing Digital também pela UNINOVE. O casal mora em São Paulo e decidiu criar este blog para compartilhar suas experiências em viagens, bem como inspirar outros viajantes a viajar cada vez mais.

2 thoughts on “O que fazer em Buenos Aires: roteiro de 4 dias na cidade argentina

  • 10/12/2019 em 16:22
    Permalink

    Estarei indo a Buenos Aires em janeiro. Está de parabéns pelo conteúdo, traz informações relevantes sobre a capital portenha. Com certeza utilizarei durante a minha estada por lá. Obrigado.

    Resposta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: